31 de janeiro de 2010

Fora da Copa, Egito bate Gana e é tricampeão da Copa Africana


O Egito não vai à Copa do Mundo, mas segue soberano na África. Neste domingo, a equipe egípcia superou Gana por 1 a 0 com um gol do atacante Gedo aos 40 minutos do segundo tempo e garantiu o tricampeonato da Copa Africana de Nações.

Mais do que ostentar o poder no continente negro nas últimas três edições, a seleção do Egito chegou agora a sete conquistas em sua história. Foi a oitava vez que o time disputou a decisão da disputa, tendo sido batido apenas uma vez.

Com a vitória deste domingo, o Egito ainda ratificou a condição de campeão invicto, somando agora 19 partidas sem ser superado dentro da competição. Mesmo com todo este retrospecto, os egípcios não irão, coincidência ou não, ao Mundial de futebol pela primeira vez jogado em seu continente.

Os egípcios foram eliminados pela Argélia em um jogo extra nas eliminatórias africanas, após as duas seleções terem terminado exatamente iguais em todos os critérios dentro de sua chave. Na Copa Africana, o Egito vingou-se dos argelinos ao vencerem os rivais na semifinal.

Manchester United vence o Arsenal e volta a colocar pressão sobre o Chelsea


O Arsenal mostrou que ainda precisa amadurecer mais se quiser brigar pelo título do Campeonato Inglês. Neste domingo, mesmo atuando no Emirates Stadium, diante do seu torcedor, a equipe foi atropelada pelo Manchester United por 3 a 1. Nas duas vezes em que enfrentou os líderes em seus domínios, os Gunners sucumbiram (além do revés para os Diabos Vermelhos, foram derrotados pelo Chelsea).

Com o resultado, o Manchester United, agora com 53 pontos ganhos, encostou no Chelsea, líder da competição com um ponto a mais. O Arsenal, com 49, é o terceiro e ainda sonha com o caneco. O Tottenham, com 42, é o quarto e fecha a lista dos que hoje estariam classificados para a próxima edição da Liga dos Campeões.

O Manchester não teve a sua condição de vencedor ameaçada em momento algum. Apesar de só ter aberto o placar aos 33 minutos, dominou o primeiro tempo todo. Na jogada do gol, Nani driblou três, invadiu a área e tocou por cima de Almunia. O goleiro tentou cortar e acabou desviando contra a própria rede.
Quatro minutos depois, Rooney deu um banho de água fria nos Gunners, que ameaçavam reagir. O atacante puxou contra-ataque veloz pela direita, recebeu na frente de Nani e chutou no canto de Almunia para ampliar. A jogada começou na área do Manchester praticamente.

O Arsenal não se deu por vencido. Até porque a torcida reconheceu seu esforço e continuou empurrando a equipe, mas a maior qualidade do United pesou. Os visitantes souberam aproveitar os espaços na retaguarda do rival e aumentaram aos sete minutos do segundo tempo, com Park, em outro contra-ataque rápido.

Sem alternativa, o Arsenal tentou pressionar, mesmo que de maneira desordenada. Ainda assim trouxe a galera com ele. Muitos torcedores já deixavam o estádio, quando o zagueiro Vermaelen aproveitou um rebote da zaga do Manchester e, de primeira, chutou para reduzir. 3 a 1.

Muitos voltaram para as suas cadeiras, na esperança de o time empatar. A atmosfera no estádio ficou tensa, com as torcidas dando espetáculo. Em campo, o Manchester United mostrou solidez defensiva e segurou o resultado.

Dodô volta a marcar três gols, e o Vasco vence o Friburguense


O jogo começou bastante corrido no Raulino de Oliveira, com ambas as equipes saindo para o jogo. O Vasco já dava indícios de que sua comissão de frente, feliz nos últimos jogos, não decepcionaria novamente. Logo aos 2 minutos, Dodô deu um belo passe de calcanhar para Magno tocar na frente para Philippe Coutinho, livre dentro da área, mas o assistente levantou a bandeira.

Mas o Friburguense também começou a partida com um pique nervoso, sem se intimidar com o Gigante da Colina. O Frizão apostou bastante nas jogadas pelo meio do campo, chegando veloz com Miguel no ataque. Aos 16 minutos, o Friburguense teve sua melhor oportunidade de gol no jogo, com bola parada. Carlos Alberto bateu bonito na bola, que passou muito perto à esquerda do gol de Fernando Prass, que aliás trabalhou muito mais do que no último jogo contra o Macaé.

Até os 25 minutos, a marcação do Friburguense seguia eficiente, vetando, quase sempre com sucesso, a entrada de Dodô e Coutinho dentro de sua grande área. Mas foi no fim da primeira etapa que o Vasco começou a mostrar porque é líder do Grupo B e porque tem, até agora, o ataque mais eficiente do Brasil. Magno, que esteve muito bem enquanto esteve em campo, se mostrou bastante participativo nas criações das jogadas. O substituto de Carlos Alberto distribuiu bem as bolas na frente e mostrou visão de jogo ao deixar Coutinho e Dodô perto do gol diversas vezes.

Aos 44, Flavinho tocou na bola com as mãos, na entrada da grande área do Friburguense. Além de levar o amarelo, deixou a bola em um lugar confortável para a cobrança da falta do Vascão. E quem cobrou foi Dodô. O atacante bateu na bola com bastante efeito e guardou com muita categoria o primeiro do Vasco no jogo e o seu quarto gol no Carioca. Um golaço que praticamente encerrou o primeiro tempo.

O gol do Vasco poderia ter sido um banho de água fria no Friburguense, mas a equipe voltou ao gramado com a mesma ofensividade que apresentou no início do jogo. No intervalo, o técnico do Vasco, Vagner Mancini, colocou Robinho no lugar de Magno, o que, segundo o treinador, já estava planejado.

A defesa do Friburguense seguiu fechada, dificultando a vida de Dodô, Robinho e Coutinho na tentativa de ampliar o placar para o Cruzmaltino. Em um segundo tempo mais preso, com poucas oportunidades concretas de gol, o Vasco diminuiu seu ritmo de jogo, se mostrando mais acuado e realizando toques de bola mais lentos.

Mas, para a surpresa dos torcedores Vascaínos, acostumados com as recentes vitórias largas do Cruzmaltino, foram nos 10 minutos finais que o jogo esquentou. Aos 38, Robinho se adiantou pela esquerda e cruzou para dentro da pequena área e, Dodô, que estava lá, não perdoou. De cabeça, marcou o segundo do Vasco e o quinto dele no Carioca.

E o poder de Dodô não parou. Aos 42 do segundo tempo, Márcio Careca saiu em disparada pelo meio e tocou na frente para o atacante dos gols bonitos, que, livre da marcação, tocou com facilidade para dentro do gol do Friburguense, para fechar o placar. Dodô terminou a partida como artilheiro do Campeonato Carioca, com 6 gols. E o Vasco segue líder absoluto do Grupo B, com 15 pontos.

Decisivo, Alecsandro garante vitória do Inter e pinta o Gre-Nal de vermelho


O Internacional venceu o primeiro Gre-Nal do ano, neste domingo, no Colosso da Lagoa, em Erechim: 1 a 0, gol de Alecsandro aos 32 minutos do segundo tempo.

Mais entrosado, o Inter impôs o domínio técnico e criou chances de gol em número bem maior. O Grêmio, que saiu atrás nas quatro partidas anteriores, virando três e empatando uma, dessa vez amargou a derrota. Mas quase manteve a fama de Imortal: no último lance do jogo, Maylson acertou a trave.

O Grêmio começou marcando em cima, com os alas Joílson e Lúcio adiantados, e com três ou quatro fazendo o abafa quando o Inter tentava as suas jogadas laterais. Mas pouco atacava.

O primeiro lance de perigo em grande área foi construído pelo Inter: aos 6 minutos, o time trocou passes pela esquerda e a bola foi para Giuliano, que envolveu Maurício e bateu no canto direito. Mas o gol foi anulado porque Giuliano deu uma de Thierry Henry - deu uma leve ajeitada com a mão antes de chutar.

O jogo se equilibrou, mas com o Grêmio mais marcando do que agredindo. Só o Inter concluía. Aos 15, Giuliano trabalhou a bola pela direita e cruzou para a esquerda; Índio cabeceou e Victor fez grande defesa. Na cobrança do escanteio, Alecsandro, no primeiro poste, cabeceou de casquinha e a bola passou rente ao segundo.

O Grêmio voltou a escapar aos 22, quando Taison, num rebote, chutou muito forte no canto direito; com Victor fora do lance, Rafael Marques salvou sobre a linha. Aos 24, nova situação de gol para o Colorado: em cobrança de falta, Kleber achou Nei livre pela direita, e o lateral, em cabeçada forte, exigiu difícil defesa de Victor.

O Tricolor reequilibrou as ações ao dar mais rapidez aos deslocamentos. Souza e Joílson saíam pela direita; Adilson e Lúcio, pela esquerda. Borges fazia paredes com eficiência e distribuía o jogo.

Aos 27, o time de Silas criou seu primeiro lance de perigo: Souza cobrou falta da direita - cavada por ele, sempre esperto - e Borges cabeceou forte, porém sobre a trave. Dois minutos depois, Jonas desarmou Fabiano Eller, escapou pela direita e cruzou para Borges, livre na esquerda, mas o camisa 9 chutou fraco.

Foi um Gre-Nal movimentadíssimo no primeiro tempo, em que o Inter mostrou mais conjunto e, o Grêmio, um aguerrimento extraordinário na marcação.

O segundo começou quase igual: o Grêmio em cima, mas o Inter criando a primeira chance, aos 5, quando Taison serviu Alecsandro e Victor salvou. Logo depois, foi Sandro que atrasou para Giuliano e o meia bateu por cima.

Silas tentou recuperar o equilíbrio trocando Jonas por Hugo, aos 15 minutos. Fossati respondeu com Edu no lugar de Taison pouco depois.

Borges continuava infeliz: na primeira ameaça gremista no segundo tempo, sua puxeta na pequena área saiu por cima.

Um tanto cansados por tanta atividade, os dois times reduziram o ritmo a partir dos 25 minutos. Os passes laterais substituíram os de profundidade. Foi nesse cenário que Andrezinho substituiu o esgotado Giuliano, aos 32.

O gol saiu dois minutos depois. A bola lançada em profundidade, pelo alto, chegou a Edu; de primeira, ele atrasou para Alecsandro, que, da meia-lua, acertou uma bomba no canto esquerdo. Inter 1 a 0. Edu participara pouco, mas mostrou seu talento num lance decisivo.

Silas, que retirara poder ofensivo ao trocar Jonas por Hugo, tentou se redimir tirando o volante Adilson e colocando o meia Maylson. Sem alternativas no banco, teve de escalar o volante Fernando, de 17 anos, no lugar do lesionado Souza. Na hora da reação, faltava entrosamento: bolas lançadas no vazio para companheiros que não entendiam o lance.

O Inter tentava manter a posse de bola, mas o adversário não saía de cima, rondando a área. O grande lance de perigo do Tricolor foi também o último do jogo: aos 48, Maylson aproveitou uma sobra, pela direita, e acertou um chutaço cruzado. Na trave.

Corinthians vence o Palmeiras e quebra tabu


Gol nos primeiros minutos, expulsão da estrela do jogo, mudanças táticas, substituições na etapa inicial, quebra de tabu, chuva e uma partida brigada durante os 90 minutos. Assim foi o belo clássico entre Palmeiras e Corinthians no Pacaembu, que teve muita emoção apesar da ausência dos craques Ronaldo e Diego Souza e terminou com triunfo corintiano por 1 a 0.

A vitória alvinegra, com gol de Jorge Henrique, determinou o fim de um tabu que durava sete jogos, ou três anos e meio, sem que o Timão vencesse o seu principal rival.

Com seis minutos de jogo, na primeira descida de perigo da partida, Armero faz falta em Iarley. Na cobrança, Tcheco levantou a bola na área com a excelência de sempre e o baixinho Jorge Henrique cabeceou, livre de marcação, para inaugurar o placar.

Apenas dois minutos mais tarde, o Corinthians viu o seu jogador mais experiente em campo, Roberto Carlos, dar um carrinho desleal no atacante Joãozinho e ser expulso pelo árbitro Wilson Luiz Seneme.

Com 28 minutos, Muricy Ramalho resolveu trocar e jogar o time do Palmeiras para o ataque, tirando o zagueiro Gualberto e colocando o atacante Daniel Lovinho. Quatro minutos depois, o técnico do Verdão resolveu mudar novamente e mandou a campoWendel no lugar de Armero que já havia recebido o cartão amarelo - o jogador colombiano ficou tão chateado que saiu chorando.

No início do segundo tempo, o Palmeiras teve uma boa oportunidade em falta frontal ao gol de Felipe. Cleiton Xavier bateu por cima da barreira, mas o goleiro do Corinthians fez uma bela defesa jogando para escanteio.

Aos 18 minutos, após dividida dentro da área, a bola subiu para Robert que bateu rasteiro e Felipe esticou-se inteiro para fazer grande defesa.

Com 32 minutos do segundo tempo, o Palmeiras perdeu uma grande chance de empatar a partida. Após cruzamento de Figueroa, Willian, que tinha entrado em campo no mesmo minuto, finalizou e Ralf, praticamente em cima da linha, afastou. A bola ainda pipocou dentro da área, mas o Verdão não marcou.

Dois minutos mais tarde, o Palmeiras quase chegou ao empate. Após cobrança de escanteio, a bola sobrou para Danilo, livre no segundo poste, que finalizou forte para mais uma grande defesa do goleiro Felipe.

Aos 43 minutos de jogo, após reclamação de uma falta marcada, Cleiton Xavier tomou amarelo e, não satisfeito, o meia continuou reclamando com o árbitro e foi expulso de campo, igualando as forças das duas equipes.

No último lance da partida, Danilo cabeceou uma bola, mas Felipe encaixou e o árbitro encerrou o jogo.

O jogo também marcou a exibição de um bandeirão de 8.750 metros exposto pela torcida corintiana, que teve de ser cortado para caber na arquibancada do Pacaembu. Inicialmente, o acessório teria 15.000 metros e seria o maior do mundo.

Adriano e Vagner Love comandam impressionante virada do Flamengo sobre o Fluminense



Com Fierro improvisado na lateral direita e Juan longe de sua melhor forma, o Fla não tinha suas laterais bem guarnecidas como de hábito. Além disso, pelo meio, somente Toró fazia o trabalho de contenção. O Flu, por sua vez, exibia um bom trabalho de conjunto, com todos os jogadores ajudando na marcação.

A fragilidade defensiva rubro-negra não demorou a causar prejuízo ao time do técnico Andrade. Aos treze minutos, Diguinho avançou pelo meio e tocou para Alan, que estava atrás da zaga, mas com Juan dando condições. O atacante recebeu e chutou da entrada da área no canto direito de Bruno: 1 a 0.

O ataque do Fluminense continuava a botar a defesa do Fla na roda e o clássico parecia que terminaria em goleada, como na semana anterior entre Vasco e Botafogo. Aos 38, Alan foi lançado na área e o árbitro marcou pênalti de Ronaldo Angelim por derrubar o atacante. Aos 40, Conca cobrou e aumentou a vantagem.


Três minutos depois, porém, o rubro-negro deu sinal de vida na partida. Diguinho derrubou Juan na área com um carrinho e o pênalti foi marcado. Adriano foi para a cobrança e goleiro de um lado e bola do outro: 2 a 1.

Mas o Fluminense não deu por encerrado o primeiro tempo antes do apito. Aos 45, Conca cobrou escanteio, Alan escorou de cabeça e Cássio completou para a rede, deixando mais complicada a vida do adversário. O técnico Andrade foi decisivo no intervalo e fez duas alterações de uma vez. Tirou Petkovic e Fernando e colocou Vinicius Pacheco e Williams.

A mexida mudou o jogo. Com mais poder de marcação, o ataque rubro-negro fez a diferença e a equipe da Gávea assumiu o controle do jogo, e antes dos dez minutos chegou ao empate. Aos sete, Williams levantou na área, Adriano ganhou na cabeça e a bola chegou a Vagner Love, que não vacilou e deixou o seu. Dois minutos depois, Vinicius Pacheco foi à linha de fundo, cruzou e Kléberson bateu no canto direito de Rafael: 3 a 3.

O Fla continuava melhor e a virada parecia perto, mas aos 16, Álvaro faz falta violenta e levou o vermelho, deixando o time com dez em campo. Mas a desvantagem numérica não abalou a equipe da Gávea, que continuou melhor arrumada em campo e contra-atacando em velocidade.

A virada veio aos 36. Tabela de Vagner Love e Vinicius Pacheco, que achou Adriano livre na área. O Imperador empurrou para à rede e colocou o Fla na frente. E não foi só isso, a chuva de gols continuou aos 44. Adriano foi lançado no meio campo e partiu em velocidade em direção a área, passou pelo goleiro e fechou o placar: 5 a 3.

Palmeiras anuncia a volta de Deyvid Sacconi

Uma notícia surpreedente foi divulgada pela diretoria do Palmeiras na tarde deste domingo: o meia Deyvid Sacconi não acertou com o Nantes (FRA) e ficará no Palestra Itália. O atleta tinha viajada para a França na última sexta-feira, mas não firmou contrato com o clube francês.

De acordo com nota oficial do Verdão, problemas na documentação impediram a transferência de Deyvid. O clube já tinha acertado a venda por R$ 6,5 milhões e o meia limpou seus armários na Academia de Futebol, antes de se despedir dos companheiros. A maior parte dos direitos são do DIS, braço esportivo do Grupo Sonda.

- Os problemas que ocorreram que fizeram com que a transferência do jogador não se concretizasse, não são de responsabilidade do Palmeiras - afirmou o vice-presidente Gilberto Cipullo.

Deyvid Sacconi está voltando para o Brasil e se reapresenta na Academia nesta semana. A janela de transferências no mercado da Europa fecha nesta segunda.

Muricy Ramalho havia lamentado a perda do atleta, já que o setor é um dos mais carantes. Mas agora o técnico volta a ter Diego Souza, Cleiton Xavier e Deyvid para a armação.

30 de janeiro de 2010

Túlio Maravilha dedica gol 900 à imprensa


O atacante Túlio Maravilha, do Botafogo -DF, enfim, marcou o gol 900, neste sábado, no empate em 2 a 2 com o Luiziânia. E a homenageada pela marca histórica foi a imprensa do Brasil e do mundo:

- Vocês me aturam desde 88, não seria nada sem o apoio da imprensa. Já são 22 anos de carreira - frisou.

O gol de Túlio nasceu de uma falha da zaga do Luziânia. O zagueiro rival recuou mal para o goleiro, Túlio antecipou-se, cortou o goleiro e driblou outro zagueiro antes de entrar para a História.

Túlio revelou que prometera R$ 1000 para o autor do passe decisivo, no entanto, com a falha do zagueiro rival, nenhum companheiro de clube será agraciado com o 'bicho'.

Os planos do Maravilha, agora, se voltam para o projeto gol 1000. De acordo com ele, há uma conversa encaminhada com Maurício Assumpção, presidente do Botafogo. O desejo de Túlio é que o gol saia no Engenhão.

A camisa do gol 900 será leiloada em benefício às vítimas do terremoto do Haiti. Já as chuteiras, serão leiloadas e a renda revertida à Fundação Túlio Maravilha. Há também a previsão que camisas em alusão ao feito sejam comercializadas nas lojas do Botafogo.

Nigéria vence Argélia com gol de Obinna e fica com o 3° lugar na CAN - 2010

A Nigéria venceu neste sábado a seleção da Argélia e ficou com o terceiro lugar na Copa Africana de Nações, disputada em Angola. O gol da vitória foi marcado pelo atacante Obinna, aos 10 minutos da etapa final. Pela sétima vez os nigerianos conseguem tal classificação. O jogo aconteceu no estádio Ombaka, em Benguela.

A partida foi disputada em ritmo acelerado, apesar de não valer o título. Ambos entraram com muita vontade. A Nigéria foi superior desde o começo. Mas com o passar do tempo, foi perdendo terreno e permitindo o crescimento dos argelinos.

Na etapa final, o gol de Obinna, logo aos 10 minutos, quebrou o gelo. Porque a partida caiu muito de rendimento. Na jogada individual, ele driblou Bougherra e Zaoui e chutou cruzado, no canto direito do Zemmanouche, sem defesa.

A decisão será disputada neste domingo, entre as seleções de Egito e Gana. Os egípcios são os maiores vencedores da competição, com seis canecos. O rival, com quatro (ao lado de Camarões), busca se isolar na segunda posição entre os mais vitoriosos.

Debaixo de muita neve, Bayern Munich faz sua parte na rodada e preciona o Leverkusen


O Bayern de Munique manteve o embalo neste sábado e fez do modesto Mainz 05 sua nova vítima na Bundesliga ao golear o rival por 3 a 0, embaixo de muita neve no duelo disputado neste sábado na Allianz Arena e válido pela 20ª rodada do Campeonato Alemão. Foi o sétimo triunfo seguido da equipe no certame.

Com o resultado, o time bávaro, que chegou ao triunfo graças aos gols de Van Buyten, depois de um frangaço do goleiro Heinz Müller, Mario Gomez e Arjen Robben, foi a 42 pontos e assumiu provisoriamente a liderança da competição nacional.

Assim, como nas últimas rodadas, a equipe de Munique voltou a pressionar o rival Bayer Leverkusen, que soma 41 pontos, segue invicto na disputa após 19 partidas jogadas e encara neste domingo o Freiburg, em casa, na BayArena.

Na próxima rodada, o Bayern de Munique pega o atual camapeão e em baixa Wolfsburg, dos brasileiros Grafite e Josué, enquanto o Mainz, que fica na zona intermediária da tabela com 27 pontos, tentará a recuperação diante do Borussia M´gladbach, em casa.

No sufoco, Terry dá vitória ao Chelsea sobre o Burnley

Diante de um adversário que vem acumulando maus resultados, o técnico Carlo Ancelotti poupou Drogba e Kalou, que defenderam a Costa do Marfim na Copa Africana de Nações. E mesmo sem a dupla, o Chelsea começou melhor e abriu o placar aos 27 minutos do primeiro tempo. Anelka recebeu passe de cabeça de Malouda e completou para a rede.

Em vantagem, o líder da competição seguiu pressionando. Mas foi surpreendido aos cinco da etapa final, quando Fletcher passou pelo zagueiro brasileiro Alex e empatou o confronto.

O Chelsea foi ao ataque após sofrer o gol. E chegou à vitória aos 38 minutos do segundo tempo - depois de desperdiçar boas oportunidades - em cabeçada de Terry.

Com o bom resultado, o Chelsea foi a 54 pontos em 23 partidas e abriu quatro de vantagem para o vice-líder Manchester United, que tem o mesmo número de jogos.


29 de janeiro de 2010

Deyvid Sacconi deixa o Palmeiras para jogar no Nantes, da França

O meia Deyvid Sacconi não é mais jogador do Palmeiras. Ele foi negociado com o Nantes, da França, por € 2,5 milhões (cerca de R$ 6,5 milhões). A transferência, que já havia sido cogitada durante a semana, foi sacramentada na manhã desta sexta-feira e o atleta está fora do clássico contra o Corinthians, domingo, às 17h, no Pacaembu.

Parte dos seus direitos são do DIS, braço do grupo Sonda para questões esportivas. A diretoria do Palmeiras e os empresários já conversaram e chegaram a um acordo.

- Estou triste de sair em um momento no qual estava tendo uma sequência de jogos como titular e conseguia mostrar um bom futebol, mas fico feliz por ter aparecido esta oportunidade de atuar em um grande centro europeu - disse Sacconi ao site oficial do Palmeiras.

Cruzeiro anuncia contratação de Roger e despedida de Kléber

O vice-presidente do Cruzeiro, Gustavo Perrella, anunciou na tarde desta sexta-feira a contratação do meia Roger e confirmou a vinda do atacante Ernesto Farías. A divulgação foi feita através do Twitter. Roger estava no futebol do Qatar. Já Farias, veio do Porto, de Portugal, como parte do pagamento pela transferência do "Gladiador" Kléber.

O apoiador Roger, de 31 anos, foi revelado nas categorias de base do Fluminense e também teve passagens por Benfica, Corinthians, Flamengo e Grêmio.

28 de janeiro de 2010

Robinho fará sua reestreia contra o São Paulo


Na manhã desta quinta-feira, Robinho, seu pai, Gilvan de Souza, e seu assessor, Evandro Souza, se encontraram com a diretoria do City. Lá os ingleses apresentaram as duas propostas feitas para repatriar o atacante. Como era esperado, tratava-se de Santos e São Paulo.

Robinho não quis ouvir a proposta Tricolor. Seu interesse era voltar ao Santos. E conseguiu. Três horas depois da primeira reunião, sentaram juntos os quatro representantes do Santos, a comitiva do jogador, mais a sua advogada, e a diretoria do City. Foram duas horas e meia de conversa e o resultado todos sabem: Robinho está de volta!

Por uma daquelas coincidências impensáveis, após desprezar a proposta feita pelo Tricolor, Robinho estreará justamente contra a equipe que se interessou em repatriá-lo.

De acordo com Evandro Souza, assessor especial do atleta, de acordo com os planos do atacante, Robinho sairá da Inglaterra no próximo domingo, chegando à noite no Brasil. Na segunda, pela manhã, Robinho se apresentará no Alvinegro e treinará normalmente durante toda a semana.

E seu primeiro jogo voltando a vestir o uniforme santista - com o 7 nas costas, como garantiu Neymar - será dia 7 de fevereiro, contra o São Paulo, na Arena Barueri.

Dos rivais brasileiros, aliás, São Paulo é, ao lado do Corinthians, o clube que mais perdeu para o Santos de Robinho: em sete jogos, foram cinco vitórias e duas derrotas para o Tricolor Paulista.

Egito atropela Argélia na semifinal da CAN 2010 e está classificada para a final

O Egito mostrou mais uma vez nesta quinta-feira toda a sua força na disputa da Copa Africana de Nações (CAN). Maior campeão da história do torneio, com seis conquistas, o país se classificou para a decisão da edição 2010 com uma vitória por 4 a 0 sobre a Argélia, em Benguela, Angola. Hosny, Zidan, Abdul-Shafi e Gedo marcaram os gols.

Se for campeão no domingo, na final contra Gana, o Egito conquistará seu terceiro título consecutivo. Ao mesmo tempo, a equipe não leva a mesma sorte nas eliminatórias para a Copa do Mundo. Os egípcios não jogam um Mundial desde 1990. Nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010, foi justamente a Argélia quem eliminou os "faraós".

A partida desta quinta foi equilibrada até os 39 minutos da etapa inicial. Foi quando Halliche, da Argélia, fez pênalti em Meteab e levou o segundo cartão amarelo. Hosny bateu com paradinha e pôs os egípcios em vantagem, tanto no placar como no número de homens em campo.

Na etapa final, o Egito não teve trabalho para matar o jogo. Tocando bem a bola, os faraós fizeram o segundo com Zidan, aos 20 minutos. Pouco depois, foi a vez de Belhadj ser expulso no lado argelino, por falta violenta.

Com dois a mais, os faraós passearam. Abdul-Shafi fez 3 a 0, aos 36, em chute quase sem ângulo pelo lado esquerdo. O goleiro da Argélia, Chaouchi, foi o terceiro expulso, aos 42. Houve tempo para o golpe de misericórdia, com Gedo, em chute rasteiro.

Inter de Milão vira para cima da Juventus e está classificada á semifinal da Copa da Itália


A Inter de Milão escreveu nesta quinta-feira mais um capítulo da infindável crise da Juventus. Os nerazzurri eliminaram a Velha Senhora da Copa da Itália com um triunfo por 2 a 1, de virada, no estádio Giuseppe Meazza. Diego abriu o placar para a Juventus em falha incrível do goleiro Toldo, mas Lúcio e Balotelli viraram para os donos da casa, que avançaram à fase semifinal do torneio.

Sob sério risco de demissão, o técnico Ciro Ferrara escalou força máxima na equipe juventina. Na Inter de Milão, o técnico Mourinho deu descanso a Julio César e deixou o artilheiro Milito como opção no banco de reservas.

Sem ritmo de jogo, o veterano Toldo, que entrou na vaga de Julio César, entregou de mão beijada o primeiro gol da partida ao Juventus. Diego bateu da entrada da área e o goleirão deixou a bola passar pelo meio das pernas. Um frango clássico.

Em desvantagem, a Inter, que teve, além de Lúcio, Maicon e Thiago Motta titulares, partiu para cima do rival, em busca da igualdade. O goleiro Buffon apareceu bem para evitar as investidas dos rivais de Milão.

Na etapa final, em lance fortuito, a Inter empatou. Aos 26 minutos, Sneijder bateu falta, a bola desviou na barreira e sobrou para Lúcio, embaixo dos paus, empurrar para a rede. A equipe da casa se animou e chegou à virada aos 44. Thiago Motta bateu firme, Buffon deu rebote e Balotelli mostrou oportunismo para assegurar a vaga do Inter na semifinal.

Vagas na seleção da China estão à venda, diz jornal

O diário "Oriental Morning Post", de Shangai, afirma em uma matéria que jogadores chineses podem comprar uma convocação para a seleção da China por 200 mil iuans (cerca de R$ 54 mil). O jornal diz ainda que treinar com as equipes - de base e principal - também é possível, desde que a pessoa desembolse 80 mil iuans (para times de base) e 100 mil iuans (para o time adulto).

Maiores detalhes, contudo, não foram divulgados pelo jornal - como por exemplo o nome de quem se beneficia do esquema. A decisão final sobre participar dos jogos é da comissão técnica.

Há duas semanas, parte dos dirigentes da Associação Chinesa de Futebol foi demitida, suspeita de manipular resultados dos jogos dos campeonatos locais.

27 de janeiro de 2010

Mesmo com time titular, Lyon é eliminado na Copa da Liga da França

Mesmo jogando com o time praticamente completo, o Lyon não conseguiu passar pelo Lorient e foi derrotado por 1 a 0 em jogo válido pelas quartas de final da Copa da Liga da França. Com o resultado, a equipe do brasileiro Michel Bastos está fora do torneio.

Gameiro, aos quatro minutos do primeiro tempo, garantiu a vitória do Lorient, atual oitavo colocado do Campeonato Francês. Longe da briga pelo título nacional - está a 11 pontos do líder Bordeaux - o Lyon, que não contou com o zagueiro Cris (machucado), segue sem repetir as boas atuações de tempos atrás, quanto detinha a hegemonia do futebol na terra dos baguetes.

No último domingo, o Lyon já fora eliminado da Copa da França pelo Monaco em duelo válido pelos 16 avos de final da competição.

26 de janeiro de 2010

Paraguaio Cabañas apresenta melhoras em seu quadro clínico


O jogador paraguaio Salvador Cabañas apresentou melhoras ‘bastante favoráveis’ em seu quadro clínico 24h após ser atingido por uma bala na cabeça em incidente em um bar no México, informaram nesta terça-feira os médicos do hospital em que o jogador está internado na capital do país.

O atacante de 29 anos ‘mostrou mudanças muito favoráveis e o principal é que ele não piorou’, revelou o médico Ernesto Martínez, que realizou a operação em Cabañas nesta segunda, mas não retirou a bala da cabeça do atleta.

O médico, porém, alertou que a situação do paraguaio segue grave. Ele permanece sedado e sua situação começou a dar indícios favoráveis. “Temos que esperar, ele continua sedado. Suas atividades se mantêm dentro da normalidade”, explicou Martínez.

O médico disse ainda que alimentos por meio de uma sonda começaram a ser fornecidos ao jogador, além de uma terapia física. Ernesto Martínez explicou que a bala está alojada na parte posterior do cérebro de Cabañas e seria pior se a retirassem.

Nas primeiras horas desta terça-feira, chegaram ao hospital a mãe do jogador paraguaio Basilia Ortega, em companhia de dirigentes da Federeção Paraguaia de futebol, além de médicos da seleção.

Cabañas levou um tiro na cabeça enquanto estava no banheiro de um bar na capital mexicana. Apesar da gravidade do fato, ele chegou consciente ao hospital. A polícia já sabe quem procurar no caso. Os vídeos de segurança do local do ocorrido foram analisados e a pessoa que efetuou o disparo foi reconhecida.

Agora, fica a expectativa da recuperação do atacante do América-MEX. De acordo com médicos mexicanos, mesmo que Cabañas sobreviva, ele provavelmente sofrerá com sérias sequelas. “Qualquer lesão como essa causa graves danos. Mas primeiro precisamos saber a extensão dela”, disse o médico Rogelio Luna ao jornal mexicano El Universal.



24 de janeiro de 2010

Adversária do Brasil no Mundial, Costa do Marfim é eliminada da Copa Africana

Considerada uma das favoritas ao título da Copa Africana de Nações, a Costa do Marfim foi eliminada do torneio neste domingo. Depois de ficar duas vezes à frente do placar, os Elefantes fora derrotados por 3 a 2 pela Argélia em jogo decidido somente na prorrogação. Com o resultado, os argelinos pegam nas semifinais o vencedor do duelo entre Egito e Camarões que acontece nesta segunda-feira.

Adversária do Brasil no Grupo G da Copa do Mundo, a Costa do Marfim pareceu que ia ganhar sem dificuldades. Logo aos quatro minutos, Kalou, atacante do Chelsea, fez a festa para o time de Drogba e companhia. Matmour, aos 40 do primeiro tempo igualou para os argelinos, que também estarão presentes no Mundial da África do Sul.

No segundo tempo, a tensão predominou e a rede só voltou a balançar aos 44, com Keita anotando para Costa do Marfim. No entanto, três minutos depois, nos acréscimos, Bougherra igualou e levou a disputa para prorrogação no estádio Chiazi, em Cabinda.

Empolgados pelo empate conseguido de maneira suada, os argelinos chegaram ao terceiro gol logo aos dois minutos do tempo extra com Bouazza. Depois, o time se segurou atrás e suportou a pressão da Costa do Marfim, que ainda chegou a marcar com Kolo Touré. Mas o gol acabou sendo anulado.

Também neste domingo, Gana bateu Angola por 1 a 0 e se garantiu nas semifinais.

Stoke City vence Arsenal e está nas oitavas da Copa da Inglaterra

Neste domingo, o Stoke City causou mais uma surpresa na Copa da Inglaterra: a equipe eliminou o Arsenal por 3 a 1, em casa, e avançou às oitavas de final da competição.

A eliminação dos Gunners deixa apenas o Chelsea como único representante dos quatro principais clubes do país do torneio de clubes mais antigo do mundo. Antes, o Manchester United havia sido eliminado pelo Leeds United, enquanto o Liverpool perdeu para o Reading.

O jogo marcou a reestreia do experiente zagueiro Sol Campbell, de 35 anos e que foi campeão inglês invicto na equipe na temporada 2003/2004 e que defendeu a camisa do Arsenal entre 2001 e 2006, além de ter participado de três Copas do Mundo com a seleção da Inglaterra (em 1998, 2002 e 2006).

Mesmo com o a volta do defensor, logo aos 2 minutos de partida, o jamaicano Ricardo Fuller, de 30 anos, abriu o placar para os Potters aproveitando-se de boa cobrança do lateral Rory Delap.

Ainda no primeiro tempo, aos 42 minutos, Fabregas apenas rolou cobrança de falta para o brasileiro Denílson chutar de fora da área no canto direito do goleiro Thomas Sorensen.

Na segunda etapa, o atacante Mamady Sidibe escapou pela esquerda com muita liberdade e cruzou para Fuller cabecear no contrapé do arqueiro Lukasz Fabianski, que foi titular na partida. Aos 41, Whitehead aproveitou cruzamento da esquerda e tocou de perna direita para o fundo das redes para fechar o placar.

Dodô dá show, marca três gols, e o Vasco humilha o Botafogo no Engenhão


O vascaíno não poderia estar mais feliz. No primeiro clássico do ano, na casa do rival, o Cruzmaltino atropelou o Botafogo com uma goleada por 6 a 0 no Engenhão. E para tornar a comemoração mais especial, Dodô marcou seus três primeiros gols com a camisa do clube e Philippe Coutinho fez os primeiros como profissional. Léo Gago completou. De quebra, o Vasco assumiu a liderança e jogou o rival para a terceira colocação do grupo B da Taça Guanabara.

Um dos assuntos mais comentados durante a semana foi a ansiedade de Dodô por marcar o primeiro gol pelo Vasco. E o atacante logo decidiu que era hora de acabar com a espera da torcida. Com apenas quatro minutos ele deixou Wellington para trás e disparou um belo chute no canto direito de Jefferson, que nada pôde fazer a não ser ver a festa do atacante, que havia feito seu último gol no dia 17 de agosto de agosto de 2008, em vitória do Fluminense sobre o Atlético Mineiro.

O Botafogo, perdido desde o início do jogo, se entregou ainda mais com a expulsão de Eduardo, aos 14 minutos, após pisão em Souza. Mesmo assim, o Alvinegro ainda assustou em falha do zagueiro Fernando, que Abreu aproveitou para lançar Herrera. O argentino girou e bateu, mas a bola foi no lado de fora da rede, na única vez em que os gringos conseguiram criar um lance de perigo.

Então Dodô resolveu dar prosseguimento ao espetáculo. Aos 32, Carlos Alberto cruzou da direita e ele se esticou todo para empurrar a bola para o gol. Dois minutos depois, Souza recebeu bola em contra-ataque e fez um lindo lançamento para o camisa 10, que apenas tocou na saída do goleiro para sacramentar 45 minutos perfeitos.

E quem esperava o Vasco em ritmo lento na segunda etapa se surpreendeu. O time seguiu tocando a bola na frente e chegou ao quarto gol aos dez minutos. Léo Gago cobrou falta com força e Jefferson aceitou. Pouco depois, Dodô lançou o garoto Philippe Coutinho, que marcou seu primeiro gol como profissional pelo Gigante da Colina.

Com a goleada construída, o Vasco diminuiu o ritmo e até deu alguns espaços na defesa. Mesmo assim, o Botafogo não conseguiu aproveitar e nem gol de honra conseguiu marcar no clássico. E quando tudo parecia acabado, o estreante Rafael Coelho ainda arrumou tempo para lançar Coutinho, que bateu forte e marcou o sexto, fechando o placar.

PSV demite brasileiro por se recusar a fazer tratamento contra uso de drogas


O PSV Eindhoven, líder do Campeonato Holandês, anunciou a demissão do jovem atacante brasileiro Jonathan Reis, após a confirmação do resultado positivo em um exame antidoping realizado há alguns dias.

Segundo o clube, Reis, que tem 20 anos, apresentou-se após as festas de fim de ano com cinco dias de atraso. Ainda de acordo com o site do PSV, o jogador exibiu uma fadiga excessiva nos treinamentos.

Por este motivo, a diretoria do PSV decidiu realizar exames médicos, que detectaram o consumo de substâncias proibidas pelo jogador. O clube informou que aconselhou Reis a fazer tratamento numa clínica, mas o atleta rejeitou qualquer tipo de ajuda. Com isso, os dirigentes decidiram demitir Jonathan "de forma imediata".

- Foi uma decisão dura, mas inevitável. Falamos sobre a situação com Jonathan Reis durante várias horas e chegamos à conclusão que não havia outra opção. Fizemos o que foi possível para ajudar na carreira de Jonathan. E o treinador Fred Rutten investiu muito tempo nele. No entanto, os esforços não levaram ao resultado desejado - disse o diretor do PSV Jan Reker no site oficial do clube.

O atacante, revelado pelo Atlético-MG, chegou ao clube holandês em 2007. Em 2009, esteve emprestado ao Tupi, de Juiz de Fora, time da primeira divisão do Campeonato Mineiro.

Inter derrota o Milan e abre boa vantagem para a sequência do campeonato

Podendo ficar com a liderança do Campeonato Italiano ameaçada em caso de tropeço neste domingo, a Internazionale não vacilou no confronto direto com o arquirrival Milan, no dérbi deste domingo pela 21ª rodada. Mesmo com dois jogadores a menos, a equipe dirigida pelo português José Mourinho venceu os rossoneri por 2 a 0 e abriu nove pontos de vantagem no topo da classificação.

Grande esperança do Milan, o brasileiro Ronaldinho Gaúcho decepcionou aos 45min do segundo tempo, quando teve uma cobrança de pênalti defendida pelo goleiro Júlio César. A penalidade máxima, inclusive, havia sido cometida pelo zagueiro Lúcio, que bloqueou um chute com o braço e recebeu o cartão vermelho. O argentino Diego Milito e o macedônio Goran Pandev marcaram os gols da Inter, que, no primeiro turno, havia goleado os rivais por 4 a 0 no dérbi.

A Inter, assim, alcança os 49 pontos ganhos e dispara na primeira colocação. O Milan, que poderia ter reduzido para três pontos a diferença dos rivais, permaneceu com 40, tendo um jogo a menos que o time de Mourinho. Aliás, os pupilos do brasileiro Leonardo agora têm a vice-liderança ameaçada pela Roma, terceira da tabela com 38.


O jogo:

Mandante do clássico deste domingo, a Inter pressionou o adversário desde os primeiros minutos de partida. Sneijder poderia ter marcado o primeiro aos 8min, quando ficou cara a cara com Dida e bateu cruzado. O goleiro brasileiro, porém, mostrou reflexo e conseguiu uma defesa difícil, com a perna esquerda.

Contudo, uma falha da defesa rubro-negra prejudicou o Milan. O lateral Abate falhou na hora de fazer um corte e, de cabeça, acabou ajeitando para Diego Milito. O argentino invadiu a área com liberdade e bateu cruzado e rasteiro para vencer Dida e colocar a Inter em vantagem.

Após a expulsão de Sneijder, por ironizar um cartão amarelo dado ao zagueiro brasileiro Lúcio, a Inter passou a conviver com algumas ameaças dos arquirrivais. A melhor oportunidade na primeira etapa, porém, saiu de uma cobrança de falta de Andrea Pirlo, aos 39min, que passou rente ao travessão de Júlio César.

No segundo tempo, o Milan teve outra boa oportunidade aos 2min: o holandês Clarence Seedorf cabeceou para o gol e Júlio César fez grande defesa. No rebote, Ronaldinho Gaúcho pegou de primeira e tirou tinta da trave do goleiro brasileiro.

A Inter voltou a pressionar aos 16min, quando Pandev recebeu de Milito na área e tirou de Dida com um toque sutil, mas viu a bola bater na trave. Aos 20min, o atacante macedônio calibrou a pontaria em uma cobrança de falta e colocou no ângulo de Dida, fechando o marcador do clássico.

No restante da partida, o time rossonero pressionou na tentativa de descontar a vantagem, mas pouco conseguiu levar perigo até os 45min. Lúcio, em uma decisão polêmica do árbitro, cometeu pênalti e deixou a Inter com dois a menos. Entretanto, Júlio César impediu que o Milan ganhasse moral para reagir ao defender a cobrança de Gaúcho.


22 de janeiro de 2010

São Paulo bate Juventude e está na final da Copinha

O São Paulo venceu o Juventude por 2 a 0, nesta sexta-feira, e avançou para a final da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Zé Vitor e Marcelinho marcaram os gols do Tricolorzinho. Depois de sete vitórias em sete jogos, o São Paulo espera por Santos ou Palmeiras na decisão. Os rivais se enfrentam neste sábado, às 16h, em São Carlos.

Na primeira etapa, os garotos cumpriram as funções táticas determinadas pelos treinadores e esqueceram de se soltarem em campo. O resultado foi um jogo bastante travado no meio e pouco trabalho para os goleiros.

Mas em um lance isolado, Ronieli foi derrubado dentro da área e o juiz marcou pênalti. Zé Vitor, com a braçadera de capitão devido a suspensão de Bruno Uvini, bateu bem e abriu o placar para o São Paulo aos 38 minutos.

O segundo tempo começou e logo o Tricolor matou o jogo. Após bate e rebate na área, a bola sobrou para Marcelinho marcar. A partir daí, o São Paulo passou a administrar a partida.

A equipe do Juventude tentava atacar, mas esbarrava na marcação do Tricolor. Restou à equipe gaúcha chutar, sem sucesso, de fora da área. Agora, para conquistar seu terceiro título na competição, o São Paulo terá que derrotar um de seus rivais.

21 de janeiro de 2010

Barcelona é eleito o melhor clube da História


O Barcelona é o melhor clube da história do futebol, segundo a lista anual elaborada pela Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS), na qual o São Paulo ocupa o 18º lugar.

A classificação histórica mundial de clubes da IFFHS publicada nesta quinta-feira leva em conta todos os resultados dos torneios e taças nacionais e as competições de clubes das seis confederações continentais e da Fifa desde 1991.

O ranking, fixado a cada 31 de dezembro, leva em conta as 50 melhores equipes de cada ano e concede 50 pontos ao primeiro da lista, descendo até um ponto ao classificado em 50º lugar.

Os dez primeiros são: Barcelona, Manchester United, Real Madrid, Juventus, Milan, Inter de Milão, Bayern de Munique, Arsenal, River Plate e Chelsea.

Entre os brasileiros, os dez melhores são: São Paulo (18º no ranking geral), Grêmio (28º), Cruzeiro (30º), Palmeiras (45º), Flamengo (50º), Santos (51º), Vasco (66º), Corinthians (75º), Internacional (83º), Atlético-MG (98º), São Caetano (101º), Atlético-PR (154º), Paysandu (167º) e Goiás (199º).

Números comprovam má fase de Robinho pós-Santos


Mesmo sempre sendo lembrado pelo técnico Dunga para a Seleção Brasileira, Robinho está vivendo uma de suas piores fases na carreira, tentando recuperar o bom futebol e a confiança dos torcedores. Mas a tarefa não está sendo nada fácil.

Na atual temporada, por exemplo, jogando pelo Manchester City, o atacante da Seleção Brasileira, chegou até a não ser relacionado para algumas partidas da equipe inglesa, evidenciando sua má fase.

No Velho Continente, Robinho teve grandes atuações jogando tanto pelo Real Madrid, como no Manchester City, mas as estatísticas são um pouco aquém do esperado. Vendo o desempenho do jogador desde que foi para a Europa, os números também não são muito animadores.

O atacante atuou em 182 partidas e fez 50 gols atuando por clubes europeus, chegando a marca de aproximadamente um gol a cada quatro jogos. Já enquanto jogava pelo Santos, Robinho esteve em campo em 142 oportunidades e marcou 60 gols, quase um gol a cada dois jogos, mostrando que seu desempenho era melhor, enquanto atuava no Brasil.

Robinho teve seu nome vinculado ao Santos recentemente, mas as negociações não evoluíram. Vale ressaltar que Adriano, Ronaldo e Fred voltaram a reencontrar o bom futebol, mostrando que voltar à terra natal pode ser o ponto de partida para um recomeço.


CONFIRA OS NÚMEROS DE ROBINHO


2002 (Santos) – 30 jogos e 10 gols – média de: 0,33 gols/jogo

2003 (Santos) – 46 jogos e 13 gols – média de: 0,28 gols/jogo

2004 (Santos) – 45 jogos e 25 gols – média de: 0,55 gols/jogo

2005 (Santos) – 21 jogos e 12 gols – média de: 0,57 gols/jogo

No Santos – 142 jogos e 60 gols – média de: 0,42

2005/2006 (Real Madrid) – 48 jogos e 12 gols – média de: 0,25 gols/jogo

2006/2007 (Real Madrid) – 40 jogos e 8 gols – média de: 0,2 gols/jogo

2007/2008 (Real Madrid) – 40 jogos e 15 gols – média de: 0,37 gols/jogo

No Real Madrid – 128 jogos e 35 gols – média de: 0,27 gols/jogo

2008/2009 (Manchester City) – 39 jogos e 15 gols – média de: 0,38 gols/jogo

2009/2010 (Manchester City) – 15 jogos e nenhum gol – média de: 0 gols/jogo

No Manchester City – 54 jogos e 15 gols – média de: 0,27 gols/jogo

Na Seleção Brasileira - 21 gols em 70 jogos - média de: 0,3 gols/jogos

20 de janeiro de 2010

Manchester United revela contas, e dívida ultrapassa 2 bilhões de reais

A dívida do Manchester United ultrapassou pela primeira vez a casa das 700 milhões de libras, chegando a 716,5 milhões (ou nada mais, nada menos que 2,092 bilhões de reais), segundo a divulgação das contas da empresa que controla o clube, reveladas nesta quarta-feira.

De propriedade da família Glazer, a Red Football Joint Venture apresentou as contas referentes ao período terminado em 30 de junho de 2009 e concluiu ter havido um aumento de 17,5 milhões de libras em relação ao total devido um ano antes, 699 milhões de libras (2,041 bilhões de reais).

A revelação deve aumentar ainda mais os protestos dos torcedores dos Red Devils contra a família Glazer. Principalmente porque o consentimento é o de que por conta das dívidas que o clube não tem mais investido em bons jogadores.

Na última temporada, por exemplo, o meia-atacante português Cristiano Ronaldo foi vendido ao Real Madrid por 80 milhões de libras (233,7 milhões de reias), o que configurou a transação mais cara da história do futebol. Ningém de peso veio para o seu lugar.

Kaká e Daniel Alves integram a seleção do ano da Uefa

O meia Kaká e o lateral-direito Daniel Alves foram os brasileiros escolhidos para a seleção do ano da Uefa, após eleição promovida entre torcedores no site da entidade. Seis dos onze integrantes do time ideal de 2009 atuam no Barcelona, assim como o técnico eleito, Josep Guardiola.

O Real Madrid foi o segundo clube com mais jogadores votados, com três integrantes: Kaká, Cristiano Ronaldo e Casillas. Esta é a terceira vez que o meia brasileiro faz parte da seleção dos sonhos dos internautas que participaram da votação na página oficial da Uefa (cerca de 320 mil no ano passado, com mais de 4 milhões de votos).

Já Daniel Alves faz parte da equipe pela segunda vez - a primeira foi em 2007, quando jogava no Sevilla. Kaká ficou de fora da edição de 2008, mas em 2006 e 2007 foi um dos selecionados.

Desde 2001, quando a eleição passou a ser realizada, apenas em duas ocasiões - na primeira edição e em 2008 - não houve brasileiros entre os onze da formação.

Em 2002, Ronaldo e Roberto Carlos, que hoje estão no Corinthians e na época atuavam pelo Real Madrid, foram os representantes nacionais. No ano seguinte, foi a vez de Roberto Carlos repetir a dose. Em 2004 e 2005, Cafu e Ronaldinho Gaúcho foram os brasileiros escolhidos. O meia-atacante seria escolhido novamente em 2006, quando liderou o Barcelona na conquista da Liga dos Campeões da Europa.

Veja os escolhidos para a edição 2009 da seleção do ano da Uefa:

Iker Casillas (Real Madrid); Daniel Alves (Barcelona), John Terry (Chelsea), Carles Puyol (Barcelona) e Patrice Evra (Manchester United); Xavi (Barcelona), Andrés Iniesta (Barcelona), Kaká (Real Madrid) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid); Lionel Messi (Barcelona) e Zlatan Ibrahimovic (Barcelona).

Técnico: Josep Guardiola (Barcelona).

Ferguson é eleito o melhor técnico a partir de 1996; Felipão fica em 9º


O escocês Alex Ferguson foi eleito, por seu trabalho à frente do Manchester United, como o melhor treinador de todos os tempos pela Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS, em inglês), enquanto o brasileiro Luiz Felipe Scolari ficou em nono lugar.

A escolha foi feita levando em conta os resultados das votações organizadas todos os anos desde 1996 pela IFFHS para escolher tanto o melhor treinador de clubes do ano quanto o melhor técnico.

Para a elaboração do ranking mundial dos melhores treinadores de todos os tempos, foi levado em conta a cada ano o "top 10" das duas categorias de técnicos, concedendo para cada dez pontos ao primeiro lugar, nove pontos para o segundo, até chegar a um ponto ao décimo lugar.

Lista dos melhores técnicos de todos os tempos da IFFHS:

1. Alex Ferguson (Escócia), 87 pontos
2. Marcello Lippi (Itália), 58
3. Arsène Wenger (França), 58
4. Guus Hiddink (Holanda), 51
5. José Mourinho (Portugal), 48
6. Ottmar Hitzfeld (Alemanha), 43
7. Marcelo Bielsa (Argentina), 41
8. Sven-Göran Eriksson (Suécia), 41
9. Luiz Felipe Scolari (Brasil), 38
10. Frank Rijkaard (Holanda), 34
17. Carlos Alberto Parreira (Brasil), 25
19. Dunga (Brasil), 20
22. Zagallo (Brasil), 17
38. Vanderlei Luxemburgo (Brasil), 11

19 de janeiro de 2010

Zico é demitido do comando do Olympiakos depois de quatro meses

Depois de passar com sucesso pelo Fenerbahce, da Turquia, tentar a sorte no CSKA Moscou e não repetir o mesmo bom trabalho, o técnico Zico também não conseguiu engatar uma boa sequência no Olympiakos e, nesta terça-feira, tornou-se o mais novo desempregado do mundo do futebol.

Apenas quatro meses após assumir o comando da equipe grega que conta com os brasileiros Dudu Cearense, Leonardo e Diogo, o 'Galinho' acabou demitido pela direção, insatisfeita com a série de quatro partidas sem vitória, completada domingo, depois do empate sem gols ante o Kavala.

Em seu site oficial, o Olympiakos tratou a demissão de forma clara e direta: "Anunciamos o encerramento da cooperação com o treinador Artur Antunes Coimbra (Zico) e seus assistentes Eduardo Antunes Coimbra e Moraci Sant'anna a partir desta data".

Sete pontos distante do líder Panathinaikos na tabela do Campeonato Grego e eliminado da Copa da Grécia, o Olympiakos, segundo no Nacional, agora, será dirigido interinamente por Bozivar Bandovic e Andreas Niniadis, que faziam parte da comissão técnica do ídolo flamenguista.

Ronaldinho vive melhor fase do que Robinho


Dunga sempre diz que "futebol é momento". Dois grandes jogadores brasileiros vivem situações totalmente distintas nesta temporada. Porém, um deles está em todas as listas do treinador da Seleção, e o outro não é lembrado desde março de 2009 pelo comandante brasileiro.

Se continuar com seu critério, Dunga deve trocar pelo menos um nome na lista de convocados para o amistoso contra a Irlanda, dia 2 de março, em Londres (ING). Robinho, atacante do Manchester City, faz uma temporada terrível, e não marca pelo seu clube desde maio de 2009.

No sábado passado, contra o Everton, o brasileiro do City entrou no primeiro tempo no lugar do lesionado Santa Cruz, mas jogou mal e foi substituído na segunda etapa por Wright-Philips.

Enquanto isso, Ronaldinho Gaúcho mostra a cada jogo que merece voltar a vestir a amarelinha. O jogador marcou 11 vezes e deu sete assistências na temporada, enquanto Robinho ainda não anotou nenhum gol e deu três passes para seus companheiros marcarem.

Robinho, que ficou lesionado no fim de 2009, está fora de forma e não vem sendo escalado como titular da equipe. Ele chegou a ser cotado no Barcelona, mas os jogadores do clube espanhol vetaram a contratação, argumentando que o grupo está fechado.

Já o camisa 80 do Milan passou a ser peça fundamental na equipe italiana. Ele já decidiu jogos importantes como o clássico contra a Juventus e a partida contra o Siena.

Na próxima lista, Dunga mostrará se realmente o momento pesa na hora da convocação.

Liedson entra no hall dos dez maiores artilheiros da história do Sporting

O atacante Liedson, ex-Coritiba, Flamengo e Corinthians, é o décimo maior artilheiro do Sporting. A marca foi alcançada no último sábado, quando o luso-brasileiro marcou dois gols na vitória de 3 x 2 sobre o Nacional, chegando aos 150 gols pelo clube lisboeta.

Desde 2003 vestindo a camisa dos Leões, “Levezinho”, como é conhecido em Portugal, ultrapassou João Cruz, que tinha 149 gols anotados entre os anos de 1936 e 1947. O maior goleador do Sporting é o meia-atacante Peyroteo, que balançou as redes em 529 oportunidades entre 1937 e 1949.

8 de janeiro de 2010

Atentado a ônibus fere atletas de Togo e mata o motorista em Angola


A seleção de Togo foi atacada por membros de um grupo separatista em Angola nesta sexta-feira, pouco depois de desembarcar no país para a disputa da Copa Africana de Nações. A emboscada aconteceu no caminho para Cabinda, onde o time disputaria o grupo B da competição. O motorista do ônibus foi baleado e está morto. Além dele, dois jogadores, o goleiro do Pontivy, da França, Kodjovi Obilale e o zagueiro do Vaslui, da Romênia, Serge Akakpo estão feridos.

O ônibus com a delegação de Togo era escoltado quando, na ligação entre Chicamba e Liambo Liona, foi surpreendido por membros do grupo separatista FLEC (Frente para Liberação do Enclave de Cabinda). Os feridos foram encaminhados a um hospital militar da região para atendimento.

De acordo com o rede britânica BBC, o ônibus foi alvejado por tiros de metralhadora. Entre o grupo togolês estava o atacante Emmanuel Adebayor, que atua pelo Manchester City, da Inglaterra.

Ainda segundo a agência PNN, o grupo separatista confirmou a autoria da emboscada em comunicado e afirmou que "A situação de guerra é uma realidade em Cabinda e qualquer estrangeiro poderá ser uma vítima". Costa do Marfim, Burkina Faso e Gana são as outras seleções que disputariam o grupo B em Cabinda.

Para evitar novos atentados, o governo de Angola já estaria disponibilizando transporte das comissões por helicóptero da fronteira de Massabi a Cabinda. A região tem sido palco de violentos confrontos entre tropas angolanas e rebeldes, que desde a independência do país obtida de Portugal, cobra a autonomia do território.

Guardiola é eleito melhor técnico. Sérgio Farias é o brasileiro mais bem colocado

O treinador do Barcelona, Josep Guardiola, foi eleito pela Federação Internacional de História e Estatística do Futebol (IFFHS, em inglês) como melhor treinador de clube do mundo de 2009. O brasileiro melhor colocado foi Sérgio Farias, em 14º lugar e que treinou o Pohang Steelers, no Mundial de Clubes de 2009, deixando o time sul-coreano em terceiro lugar no torneio.

Guardiola foi nomeado com a maior diferença de pontos a respeito do segundo classificado desde que, em 1987, houve a primeira votação nesta categoria. O técnico catalão ganhou no ano passado todos os títulos possíveis em nível nacional, continental e mundial, e com isso o Barcelona foi o líder incontestável do ranking mundial de clubes.

Confira a classificação:


1. Josep Guardiola (ESP/Barcelona) 300 pontos.

2. Alex Ferguson (ESC/Manchester United) 137.

3. José Mourinho (POR/Inter de Milão) 66.

4. Alejandro Sabella (ARG/Estudiantes) 54.

5. Mircea Lucescu (ROM/Shakhtar Donetsk) 50.

6. Arsene Wenger (FRA/Arsenal) 44.

7. Guus Hiddink (HOL/Chelsea) 38.

8. Laurent Blanc (FRA/Girondins Bordeaux) 34.

9. Jorge Fossatti (URU/LDU de Quito) 16

10. Felix Magath (ALE/Wolfsburg/Schalke) 15

14. Sérgio Farias (BRA/Pohang Steelers) 8

Manchester City confirma acerto com Patrick Vieira

O Manchester City confirmou nesta sexta - feira a contratação do volante Patrick Vieria, de 33 anos, por empréstimo. O jogador foi cedido pelo Internazionale de Milão por seis meses, com o clube inglês tendo a opção de renovar o compromisso por mais um ano no fim deste período.

No City, o volante usará a camisa número 24. Antes de assinar o acordo, ele passou por exames médicos.

A volta de Vieira ao futebol inglês tem como principal objetivo recuperar espaço na seleção da França. O volante não vinha jogando com regularidade em Milão e, por isso, estava ameaçado de não disputar a Copa do Mundo de 2010. O técnico da França, Raymond Domenech, confirmou que a mudança de clube será benéfica ao jogador.

O técnico do Manchester City, Roberto Mancini, está convencido de que o clube fez uma excelente contratação.

- Vieira é um jogador de meio-campo de primeira linha, com uma mentalidade vencedora e que encaixará muito bem neste grupo - disse o treinador, em entrevista ao site oficial do clube.

Barcelona lidera ranking de clubes da IFFHS.


O Barcelona fechou o ano de 2009 na liderança do ranking mundial de clubes da Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS, em inglês), com o Cruzeiro - time mais bem classificado do Brasil - em nono lugar.

Os países que têm mais equipes entre os 100 primeiros são o Brasil e a Itália, com oito cada um, seguidos da Espanha e Inglaterra, com sete; França, com seis; e Argentina e Alemanha, com cinco.

Sempre polêmico, o ranking da IFFHS, que é baseado nos resultados nacionais e internacionais dos clubes no período dos últimos 12 meses (Campeonatos estaduais não contam pontos), possui várias curiosidades. Atual campeão brasileiro, o Flamengo sequer figura entre os 100 primeiros, aparecendo na 114ª posição, atrás de Fluminense (38º) e até mesmo do rebaixado Sport (89º). Por sinal, o clube de Recife está uma posição à frente do Corinthians, campeão da Copa do Brasil do ano passado.

Por outro lado, Cruzeiro, em nono, e Grêmio, em 13º, estão mais bem ranqueados do que gigantes europeus como Inter de Milão (16º), Bayern (15º) e Real Madrid (23º).

Além de Cruzeiro, Grêmio, Fluminense, São Paulo, Internacional, Palmeiras, Sport e Corinthians, mais dez clubes brasileiros estão presentes na lista completa que conta com 354 clubes de todo o mundo: Flamengo (114º), Goiás (145º), Botafogo (147º), Coritiba (148º), Atlético-MG (160º), Vitória (169º), Avaí (206º), Atlético-PR (250º), Santos (265º) e Barueri (266º).

Vasco, atual campeão da Série B, não aparece no ranking. Náutico e Santo André, participantes da Primeira Divisão em 2009 e que acabaram rebaixados, também não aparecem.

O AIK Solna, da Suécia, é o último colocado com apenas 63 pontos. O brasileiro pior ranqueado é o Barueri, na 266ª posição, com 74 pontos.

Confira os dez primeiros do ranking do IFFHS de 2009

* em negrito, os clubes brasileiros entre os 100 melhores


1. Barcelona (Espanha) 341,0 pontos.
2. Chelsea (Inglaterra) 292,0 pontos.
3. Manchester United (Inglaterra) 291,0 pontos.
4. Shakhtar Donetsk (Ucrânia) 275,0 pontos.
5. Werder Bremen (Alemanha) 272,0 pontos.
6. Hamburgo (Alemanha) 264,0 pontos.
7. Arsenal (Inglaterra) 260,0 pontos.
8. Estudiantes de La Plata (Argentina) 243,0 pontos.

9. Cruzeiro (Brasil) 235,0 pontos.

10. Galatasaray (Turquia) 219,0 pontos

13. Grêmio (Brasil) 206 pontos.

25. Palmeiras (Brasil) 181 pontos.

38. Fluminense (Brasil) 166 pontos.

50. São Paulo (Brasil) 153 pontos.

76. Internacional (Brasil) 134 pontos.

89. Sport (Brasil) 125 pontos.

90. Corinthians (Brasil) 124 pontos.

6 de janeiro de 2010

Rivaldo e Ronaldo: entre os goleadores de torneios nacionais

A Federação Internacional de História e Estatística (IFFHS) divulgou neste final de semana uma lista dos maiores artilheiros de campeonatos nacionais que permanecem em atividade. Dois brasileiros foram citados: o meia Rivaldo e o atacante Ronaldo.

Atualmente no Bunyodkor, do Uzbequistão, o veterano Rivaldo, de 37 anos, é o oitavo colocado. Em toda a carreira, o habilidoso atleta fez 261 gols em 518 jogos de campeonatos nacionais.

Craque do Corinthians, Ronaldo está um pouco abaixo. O Fenômeno soma 240 gols em apenas 335 jogos, já que sofreu graves contusões no joelho que o tiraram dos gramados por alguns anos.

O líder da lista é um desconhecido. O galês Marc Lloyd-Williams, de 36 anos, tem 313 gols em 445 jogos. Contudo, ele nunca jogou em um time de expressão da Europa. Seu atual clube é o Airbus U.K. Broughton F.C, que ficou em 12 lugar no último campeonato do País de Gales.

Veja os principais artilheiros de torneios nacionais que estão em atividade:

1- Marc Lloyd-Williams (Airbus UK FC Broughton) 313 gols

2 - Juan Carlos Plata (CSD Municipal Ciudad de Guatemala) 299 gols

3 - Glenn Ferguson (Lisburn Distillery FC) 296 gols

4- Aleksandar Duric (Singapore Armed Forces FC) 291 gols

5- Maksim Gruznov (Sillamäe JK Kalev) 277 gols

8- Rivaldo (FK Bunyodkor Tashkent) 261 gols

12- Ronaldo (Corinthians) 240 gols.

Atacante Sávio é apresentado no Avaí

Na tarde desta quarta-feira, o atacante Sávio foi apresentado oficialmente como jogador do Avaí. Após a realização de exames médicos, o jogador assinou contrato até o final de 2010 e posou com a camisa do clube.

- É curioso, pois minha estréia na seleção Brasileira foi aqui na Ressacada, no mesmo jogo em que o Ronaldo fez seu primeiro gol com a camisa do Brasil - lembrou, em entrevista ao site oficial do clube.

Sávio destacou ainda que recebeu duas propostas de clubes de fora do Brasil, além de uma de um clube brasileiro, no entanto, o projeto apresentado pelo Avaí foi determinante em sua escolha.

Douglas Costa deixa o Grêmio rumo à Ucrânia

O Grêmio não resistiu ao assédio dos ucranianos e vendeu o meia Douglas Costa, de apenas 19 anos, para o Shaktar Donetsk (UCR).


O empresário de Douglas, César Bottega, confirmou o negócio na noite desta quarta-feira. O valor da transação gira em torno de aproximadamente R$ 17,5 milhões.

- O negócio foi fechado. Está tudo acertado. Vamos organizar a viagem para a Ucrânia - afirmou Bottega.

Os ucranianos adquiriram 80% dos direitos do jogador, sendo que o Grêmio ficará com 15% do valor de uma futura negociação.

De acordo com presidente do Grêmio, Duda Kroeff, o negócio foi bom para “todos os lados”.

- Foi bom para todo mundo. A venda traz fôlego para o Grêmio cumprir com seus credores e seguir a vida. O próprio Douglas tinha pedido para ir. Ninguém forçou nada - disse Duda.

Douglas Costa, que estava indo com o Grêmio para Bento Gonçalves - onde o Tricolor vai fazer a pré-temporada - vai retornar a Porto Alegre ainda nesta quarta. Douglas deverá viajar para a Ucrânia na sexta e se apresentará no Shaktar ainda este mês.

Chivu fratura crânio durante partida contra o Chievo

O zagueiro Christian Chivu, da Internazionale, foi submetido nesta quarta-feira a uma cirurgia após ter fraturado o crânio durante a partida contra o Chievo, pelo Campeonato Italiano (vitória da líder do Calcio por 1 a 0).

O jogador se chocou com Sérgio Pelissier e se machucou gravemente. Após um rápido atendimento ainda no gramado, Chivu seguiu para um hospital de Verona em uma ambulância. Segundo os médicos, entretanto, o jogador não corre risco de morte.

De acordo com o site oficial da Internazionale, Christian Chivu chegou consciente ao hospital, e a cirurgia transcorreu normalmente. Antes de entrar na sala de operação, o atleta recebeu a visita do técnico José Mourinho e dos companheiros de equipe. Ainda não há previsão de alta para Chivu.

“Esperamos que ele volte às atividades conosco o mais rápido possível, mas imagino que terá de ficar afastado por algum tempo”, comentou Mourinho. “O mais importante agora é a saúde do jogador.”

Com a vitória desta quarta-feira sobre o Chievo, a Internazionale chegou aos 42 pontos em 18 rodadas do Campeonato Italiano e segue tranquila na liderança do Cálcio. O zagueiro Chivu tem 29 anos e está no clube desde 2007, tendo sido contratado junto à Roma.



5 de janeiro de 2010

Brasil faz parte do grupo mais caro da Copa


O grupo do Brasil na Copa do Mundo da África do Sul (Coreia do Norte, Costa do Marfim e Portugal) é o mais caro da competição, de acordo com um estudo elaborado pelo "Futebol Finance". A soma dos valores dos 25 jogadores mais vezes convocados nas últimas partidas foi o critério utilizado pelo site para fazer a estimativa.

As quatro seleções da chave somam 1,05 bilhão de euros (R$ 2,6 bilhões). O segundo grupo mais caro é o H, da Espanha: 810 milhões de euros. A Fúria, aliás, é a equipe mais cara do Mundial, valendo 565 milhões de euros (R$ 1,4 bilhão), seguida do Brasil (515 milhões de euros, o equivalente a R$ 1,28 bilhão).

Entre os cabeças-de-chave, a África do Sul é a seleção mais barata: "apenas" 35 milhões de euros (R$ 87 milhões). Só o atacante português Cristiano Ronaldo custou ao Real Madrid 94 milhões de euros (cerca de R$ 240 milhões). Confira abaixo a lista dos grupos e seus respectivos valores.

GRUPO A
África do Sul - 35 milhões de euros
México - 95 milhões de euros
Uruguai - 145 milhões de euros
França - 450 milhões de euros

GRUPO B
Argentina - 390 milhões de euros
Nigéria - 115 milhões de euros
Coreia do Sul - 50 milhões de euros
Grécia - 100 milhões de euros

GRUPO C
Inglaterra 440 milhões de euros
Estados Unidos - 55 milhões de euros
Argélia - 55 milhões de euros
Estlovênia - 45 milhões de euros

GRUPO D
Alemanha - 305 milhões de euros
Austrália - 40 milhões de euros
Sérvia - 185 milhões de euros
Gana - 115 milhões de euros

GRUPO E
Holanda - 280 milhões de euros
Dinamarca - 85 milhões de euros
Japão - 70 milhões de euros
Camarões - 140 milhões de euros

GRUPO F
Itália - 400 milhões de euros
Paraguai - 90 milhões de euros
Nova Zelândia - 15 milhões de euros
Eslováquia - 70 milhões de euros

GRUPO G
Brasil - 515 milhões de euros
Coreia do Norte - 15 milhões de euros
Costa do Marfim - 180 milhões de euros
Portugal - 340 milhões de euros

GRUPO H
Espanha - 565 milhões de euros
Suiça - 115 milhões de euros
Honduras - 45 milhões de euros
Chile - 85 milhões de euros

Viola acerta com o Brusque para o Catarinense

Mais um veterano está de volta aos gramados no futebol brasileiro. Aos 41 anos, o atacante Viola defenderá as cores do Brusque, no Campeonato Catarinense de 2010. A informação foi confirmada pelo próprio presidente do clube, Danilo Rezini, na noite desta segunda-feira em entrevista.

Segundo o dirigente, o tetracampeão é esperado em Santa Catarina na quarta-feira, mas a data de sua apresentação oficial ainda não foi definida. Viola deve assinar um contrato até o fim do estadual. Além disso, o Brusque não terá que se preocupar nem com os salários do atacante. Todos os seus vencimentos serão pagos pela Havan, principal patrocinadora do clube.

Viola vinha mantendo a forma atuando nos gramados sintéticos disputando o Showbol. A última vez que jogou profissionalmente foi no Carioca 2009, pelo Resende.

Reforços do Cruzeiro serão apresentados nesta quarta-feira

O meia Pedro Ken e o atacante Anderson Lessa serão apresentados oficialmente pelo Cruzeiro na tarde desta quarta-feira. Os jogadores concluíram os exames médicos e já participaram dos trabalhos com o grupo. O lateral-direito Marcos e o atacante Soares se apresentaram nesta terça-feira e também iniciaram as atividades.

Pela manhã, os jogadores fizeram uma corrida e na parte da tarde, eles foram para a sala de musculação. O primeiro desafio do time antes da estreia no Campeonato Mineiro será no dia 16 de janeiro em um jogo-treino contra o Itaúna, que disputa o Módulo II do Campeonato Mineiro.