4 de abril de 2011

Despedida do Blog


Nesta segunda-feira, 04, estamos nos despedindo desse blog. Estamos com um novo projeto, e uma nova proposta de blog.

O novo link é: http://lucasmergel.webnode.com.br/ e estaremos lá com os mesmos moldes daqui.

As entrevistas, selections world, coluna NBA e muito mais, segue por lá, e ainda teremos mais novidades!

Você leitor, que sempre visitava esse blog, por favor se dirija agora ao outro link.

Se puder divulgue ao máximo esse novo blog. Será de extrema importância de agora em diante.

Estreando hoje, novo blog -> http://lucasmergel.webnode.com.br/ [DIVULGUEM] #BlogLucasMergel 

3 de abril de 2011

Palmeiras vence o clássico contra o Santos e segue líder no Paulistão

Neste domingo, 03, tivemos um grande jogo no Campeonato Paulista. Era o clássico entre Santos x Palmeiras, dois dos quatro primeiros no estadual.

O clássico era na Vila Belmiro, onde o Santos ainda não havia perdido esse ano, em 6 jogos.

O Palmeiras entrou em campo com a melhor defesa do campeonato, tendo sofrido apenas 6 gols em 16 jogos. E o Santos era o melhor ataque com 37 gols no mesmos 16 jogos.

O clássico começou muito quente, com algumas jogadas ríspidas e até um pouco violentas. Logo saíram alguns amarelos e o juiz conseguiu controlar um pouco o jogo.

O Palmeiras começou no 4-4-2, tendo Assunção como primeiro volante, assim marcando Ganso. O Santos também começou no 4-4-2, trazendo Adriano para a marcação do meia Lincoln.

O jogo seguiu equilibrado durante todo o primeiro tempo. Os dois times alternavam bons ataques e as defesas iam bem, dando pouco trabalho para os goleiros.

Ainda no primeiro tempo Felipão resolveu mudar no time. Tirou o atacante Adriano e colocou o também atacante Luan. Com essa mudança o Palmeiras mudaria para um sistema de 4-2-3-1, onde Kléber ficaria sozinho no ataque.

Já no segundo tempo, o Santos voltou um pouco melhor e mais ofensivo. Neymar entrou mais no jogo e criou algumas chances, que foram pouco aproveitadas pelo time da Vila.

Ganso seguia apagado demais no jogo. Elano também não aparecia e por isso o Santos acabou perdendo um pouco de espaço na partida.

O Palmeiras tocava bem a bola e melhorava durante a partida. 

Os técnicos se mexeram durante o segundo tempo, mas nenhuma alteração foi tão impactante. O jogo seguia muito equilibrado, até que dois jogadores fizeram a diferença no jogo.

Patrik driblou Adriano, levantou a cabeça e viu Kléber se movimentar. O meia palmeirense deu um lindo passe e o atacante alvi-verde chutou para o fundo das redes santistas.


E aos 35 minutos do segundo tempo, foi Kléber que decidiu o jogo.

O Santos ainda tentou mais alguns ataques, mas de nada adiantou, mesmo porque o Palmeiras havia montado um muralha.

Fim de jogo: Santos 0 a 1 Palmeiras

Com esse resultado o Palmeiras segue na liderança do campeonato com 38 pontos. O Santos fica na 4° posição com 34 pontos.

2 de abril de 2011

Milan atropela Inter e vê o título se aproximar

Neste sábado, 02, tivemos um dos maiores clássicos mundiais pelo Campeonato Italiano. O jogo era entre Milan x Inter no estádio San Siro.

O Milan entrava em campo com dois pontos a mais que a Inter. A vitória do time da Inter, representaria a liderança. Era jogo de seis pontos, onde teríamos 6 brasileiros em campo.

O jogo começou eufórico, e logo aos 50 segundos de jogo, o placar já havia sido alterado. Jogada de Gattuso para Robinho, onde a bola sobrou pro atacante Pato abrir o placar e encaminhar a vitória rossonera.




A Inter parecia assustada no início de jogo. Já o Milan vinha pra cima com tudo.

O gol de Alexandre Pato mudou com a cara da partida, mesmo porque nenhum time espera tomar um gol com menos de 1 minuto.

O Milan seguiu pressionando em busca do segundo tento, mas Júlio César trabalhava bem. Seedorf ajeitava o meio de campo, enquanto Robinho e Pato se mexiam muito bem na frente, em meio a uma zaga atordoada da Inter.

O Milan seguiu soberano até os 30 do primeiro tempo, onde a Inter tentou alguns remotos ataques. Sem sucesso.

O primeiro tempo acabou, e o resultado de 1 a 0 era justo. Milan melhor no ataque e na defesa, enquanto a Inter não atacava e era irregular na defesa.

Na volta pro segundo tempo o desenho do jogo era o mesmo.

A Inter tentou algo com Eto'o, em jogadas individuais ou até mesmo com os volantes, Cambiasso e Thiago Motta, mas pouco fizeram para mudar o cenário da partida.

O Milan por sua vez, trazia um meio de campo aguerrido com Van Bommel e Gattuso (e depois Flamini), e ao mesmo tempo muito versátil com Seedorf e Boateng.

Quando as coisas já não eram tão boas para a Inter, Chivu foi expulso e piorou tudo.

E se não bastasse isso, logo após a expulsão, Pato apareceu novamente e fez o segundo gol do Milan. Passe de Seedorf para Abate que chutou pro gol e Pato apareceu para desviar para as redes de Júlio César.

Depois disso a Inter não foi capaz de fazer mais nada em termos ofensivos. E o Milan apenas "cozinhou" o jogo.

Até que quase no final da partida, Cassano sofre pênalti claro de Zanetti. Ele mesmo bate e dá números finais ao jogo.

Fim de clássico: Milan 3 a 0 Inter

Com esse resultado o Milan fica na liderança com 65 pontos, contra 60 da Inter, a vice-líder.

Lakers vencem Utah fora de casa e ficam próximos do 1° lugar na conferência Oeste

Nesta sexta-feira, 01, tivemos um grande jogo na Energy Solutions Arena. Era a partida entre o Utah Jazz, com remotas chances de chegar aos playoffs, e Los Angeles Lakers que brigam pelo 1° lugar na conferência Oeste.

O time da casa, Utah Jazz, estava com muitos desfalques para essa partida. Entre os desfalques estavam os titulares Kirilenko, Harris e Raja Bell. Já os Lakers contavam com o desfalque de Barnes.

O jogo começou e com grande surpresa o Utah começou comandando o placar. O time da casa tinha o grande apoio da torcida e começou marcando muito bem e eficiente no ataque.

C.J. Miles, ala do time foi muito bem no primeiro tempo, onde fez 12 pontos. Outro jogador que ajudou muito o time no primeiro tempo foi o ala-pivô Al Jefferson.

Os Lakers estavam perdidos em quadra. Defendiam mal e quando subiam ao ataque não conseguiam concluir tão bem.

O primeiro tempo acabou com vantagem do Utah Jazz por 6 pontos (48 x 42). O time da casa chegou a abrir 16 pontos de vantagem, mas no fim do 2° quarto os Lakers conseguiram diminuir a desvantagem.

Os times voltaram do intervalo e os Lakers voltaram muito melhor. Kobe Bryant, Fisher e Odom comandaram o time no 3° quarto.

O Utah tinha jogadores pendurados com 4 faltas e quando os reservas entraram em quadra o time não manteve a mesma força defensiva. Resultado disso foi a vitória por 29 x 16 no 3° quarto!

No último quarto o Utah foi pro tudo ou nada. Mas os erros ofensivos e defensivos impediu o time de progredir na partida.


Fim de jogo: Lakers 96 x 85 Utah

Com esse resultado os Lakers se mantém na 2° posição da conferência, ainda sim brigando pelo primeiro posto, hoje nas mãos dos Spurs.

E o Utah está definitivamente fora dos playoffs. Essa é apenas a 4° vez em 28 anos em que o time de Utah fica fora dos playoffs.

27 de março de 2011

Brasil volta a vencer com dois gols de Neymar

Neste domingo, 27, tivemos mais um amistoso preparatório para a nossa seleção Brasileira. O amistoso era contra a Escócia, uma seleção muito retranqueira.

Mano Menezes colocou em campo uma seleção bem leve para tentar abrir a defesa escocesa. O meio de campo era composto por Lucas, Ramires, Elano e Jádson, enquanto Neymar e Leandro Damião faziam a parceira no ataque.

O Brasil iniciou o jogo bem e logo tomou conta do jogo. A Escócia trouxe a campo um time no 4-5-1, onde tinham 3 volantes postados para proteger a defesa.

Crédito: Arthur Barcelos (Desenho Tático)

Mas nada impediu o Brasil de atacar. Hora com os laterais, André Santos e Daniel Alves, hora com os meias Elano e Ramires ou até mesmo com os pontas, Neymar e Jádson.

Neymar logo criou chances para a seleção brasileira. Até que aos 41 minutos de jogo houve uma tabela entre André Santos e Neymar e o santista finalizou com precisão. Era o primeiro gol do Brasil.

No segundo tempo, Mano resolveu fazer algumas mudanças. O técnico brasileiro promoveu as estréias de Jonas e Lucas.

O Brasil seguia muito bem no segundo tempo. Neymar e Ramires eram os principais destaques.

Lucas entrou muito bem no jogo e demonstrou porque deve continuar sendo chamado pra seleção principal. E foi ele que fez a jogada que originou o segundo gol.

Lucas fez jogada individual e tocou pra Neymar, que invadiu a área e sofreu o pênalti. Ele mesmo bateu e sacramentou a vitória brasileira.


Com esse resultado, Mano tem mais tranqüilidade em seu trabalho, mesmo porque o Brasil vinha de duas derrotas seguidas, ambos 1 x 0, contra Argentina e França.

24 de março de 2011

Denver Nuggets vence o melhor time da NBA em casa e briga pelo 4° lugar

Ontem, 23, tivemos um grande jogo pela NBA. Era o confronto entre San Antonio (57-14), o melhor time da liga e o Denver Nuggets (43-29), o atual 5° colocado no lado West.

O jogo trazia dois brasileiros em quadra. O pivô Nenê pelo Denver e o pivô Tiago Spliter pelo San Antonio. Nenê é um dos principais destaques da equipe. Pontua bem e pega muitos rebotes. Tiago Spliter não é peça principal do San Antonio, mas com a contusão de Tim Duncan ele virou titular em 2 dos últimos 3 jogos.


O jogo começou bem equilibrado, mas logo as bolas de 3 pontos deram uma boa vantagem ao time visitante. Com isso o Denver resolveu mexer no time e deu uma melhorada, mas mesmo assim o primeiro quarto acabou com vantagem de 10 pontos pro SAS.

No segundo quarto, o Denver veio mais empolgante e com a ajuda de sua torcida, conseguiu marcar incríveis 40 pontos nesse quarto. Porém a defesa foi inconstante e tomou 35. Com isso fomos ao intervalo com um placar de 69 a 64 pro SAS sobre o DEN.

Na volta do intervalo as equipes voltaram as mesmas do início de jogo e isso demonstrou um grande equilibro. Terminamos com 26 a 24 para o Denver no 3° quarto.


Com isso fomos ao último quarto com um jogo aberto. O San Antonio estava com apenas 3 pontos de vantagem, o que no basquete não significa nada.

Esse 4° quarto foi eletrizante. O banco do Denver ajudou demais com bolas de três e com força de vontade no garrafão, marcando muito bem os homens mais fortes do SAS.

O San Antonio por sua vez, vinha matando muitas bolas de 3 durante todo o jogo, parou. As bolas pararam de cair e o time se encontrou perdido já nos últimos minutos.

Quando Wilson Chandler marcou uma cesta de dois faltando cerca de 11 segundos, era praticamente a vitória definida. Depois disso o SAS teve ainda uma chance de empatar com Ginobili, mas o argentino pecou na finalização e o Denver venceu o jogo.

Final: San Antonio 112 a 115 Denver Nuggets

Os destaques do jogo vão para Al Harrington, Felton e J.R. Smith pelo lado do Denver. E para Neil e Ginobili pelo lado dos Spurs.

O cestinha do jogo foi Al Harrington que veio do banco e marcou 27 pontos em 28 minutos, trazendo um aproveitamento de 83% nas bolas de três, tendo marcado 5 de 6 chutadas.

20 de março de 2011

Brasileiros dão vitória ao Chelsea em jogo capital e o time ainda briga pelo título

Neste domingo, 20, tivemos o jogo mais esperado da rodada. O jogo entre Chelsea x Manchester City em Stamford Bridge.

Ambos os times brigam por vagas na próxima Champions League, porém uma vitória nesse jogo poderia alavancar algo na temporada, e trazer novamente o sonho do título inglês.

No City tivemos a baixa de Tévez, que fez um teste no vestiário e não passou. Suspeita de lesão na virilha. Já no Chelsea, tivemos Drogba e Anelka iniciando o jogo no banco, o que foi uma surpresa á todos.

O jogo começou muito franco. Os times vinham em um 4-5-1 na defesa e em um 4-3-3 com a bola no pé, o que trazia muito perigo ás defesas.

O Chelsea começou o jogo um pouco melhor, criando chances com Malouda pelo flanco esquerdo e também com Ramires e Lampard pelo meio campo.

O City começou mais receoso na partida, com um meio campo muito vigoroso. Defendiam bem, mas não saiam tão bem para o ataque.

O primeiro tempo continuou assim até o fim. Chelsea martelando e nada de furar a retranca do City.

O segundo tempo se configurava a mesma coisa, mas o City conseguia ir um pouco mais á frente. Dzeko estava muito ausente no jogo, mesmo porque o meio de campo não chegava.

Neste momento, David Luiz já era o melhor em campo. Não havia perdido nenhuma bola na defesa e quando saia para o ataque também ia bem. 

Foi então que aos 70 minutos, Ancellotti resolveu colocar Drogba e Anelka no lugar de Malouda e Torres. E foi isso que mudou o jogo.

Com apenas 8 minutos em campo, Drogba bateu a falta e David Luiz subiu mais que a zaga dos Citzens. Era o primeiro gol do confronto. E que gol importante.

David Luiz em seu segundo gol com a camisa do Chelsea

David Luiz em 5 jogos marcou 2 gols. Um gol contra o Manchester United e outro hoje contra o City. Que bela contratação do time londrino.

O City estava atrás no placar, então resolveu colocar Balotelli e Adam Johnson em campo. O time conseguiu pressionar um pouco durante 5 minutos. Mas não adiantou nada.

No contra-ataque Essien tocou para Ramires, que recebeu, se livrou de Lescott e Kolarov, penetrou na área e chutou no alto sem chances pro goleiro Hart. Era o segundo gol do Chelsea.

Com esse resultado o Chelsea chega ao terceiro posto no campeonato Inglês. O time ainda está vivo no campeonato. Está 9 pontos atrás do líder, Manchester United, porém com um jogo a menos. E ainda temos o clássico.

Essa Premier League será decidida nos pequenos detalhes. Veremos.

18 de março de 2011

Times brasileiros: o que acontece com eles na Libertadores 2011 ?


Nesta edição da Copa Libertadores da América temos 5 clubes brasileiros envolvidos. São eles: Cruzeiro, Internacional, Santos, Fluminense e Grêmio.

Após o sorteio da fase de grupos víamos os brasileiros em boas situações, aparentemente. O caso mais difícil seria do atual campeão brasileiro, Fluminense, que iria se deparar com o Argentinos Jrs., América-MEX e Nacional-URU.


Os outros 4 times brasileiros, aparentemente caíram em grupos "fáceis", mesmo porque os brasileiros sempre são candidatos ao título nessa competição.

O grupo do Grêmio (grupo 2), tem o Junior Barranquilla, León e o Oriente Petrolero. Todos esses times tem pouca ou nenhuma experiência e tradição nessa competição tão importante, por isso víamos o Grêmio como franco favorito nesse grupo 2.

No grupo 3 temos o Fluminense. Já falamos que esse talvez seja o grupo da morte nesta edição da Libertadores.

Porém o Fluminense é o atual campeão brasileiro, e tem minimamente um time competitivo para a Libertadores. Com isso poderíamos afirmar antes que a competição se iniciasse, que o Fluminense teria vida difícil, mas que brigava pelo 1° lugar do grupo.

No grupo 5 encontramos o Santos. O time de Ganso e Neymar, enfrentaria um grupo "simples". Com a equipe formada e inteira, esse Santos tem um dos elencos mais fortes da competição, por isso apontávamos o time da Vila como franco favorito em seu grupo, também.

No grupo 6 temos o Internacional, que talvez tenha pegado a maior sorte entre os brasileiros. A chave é composta de Jaguares, Emelec e Jorge Wiltermann. São 3 times que também não tem tradição da competição, e por isso o Internacional deveria seguir no 1° posto do grupo, sem maiores preocupações.

E por último falamos do Cruzeiro, que está no grupo 7 junto com o sempre bom, Estudiantes. Além desses dois belos times temos o Tolima, algoz do Corinthians, e o Guaraní-PAR.

Enfim, a Libertadores começou e como sempre os brasileiros e argentinos eram os favoritos em seus respectivos grupos.

Porém tivemos algumas decepções. Vamos á elas.

O Santos que era uma das principais forças dentro da Libertadores, ainda não ganhou. São dois empates e uma derrota. Com isso o time da Vila Belmiro, tem apenas 2 pontos e isso complica demais para a futura classificação.


Outra decepção é o Fluminense. O time está em último no seu grupo, com apenas 2 pontos, tendo a mesma campanha do time paulista. Assim, deixando a classificação muita arriscada.

O Grêmio não é considerado uma decepção, mas o time ainda está abaixo das expectativas. O time está em 2° em seu grupo, atrás do Barranquilla. Porém a classificação está muito bem encaminhada, tendo em vista que o time é forte e ainda tem mais uma partida em casa.

E agora vamos aos times com as melhores campanhas:

O Internacional lidera seu grupo com 7 pontos em 3 jogos. Empatou apenas com o Emelec, mas segue em 1° pelo saldo de gol, mesmo porque o Emelec também tem 7 pontos.

E o Cruzeiro tem uma das melhores campanhas dessa Libertadores. O time de Minas Gerais tem 10 pontos em 4 jogos, tendo marcado 15 gols e sofrido apenas 1.

O time vem muito bem na Libertadores, e está praticamente classificado para a próxima fase. Além do belíssimo time do Cruzeiro, temos também o Estudiantes nesse grupo.

Bom, é isso. Os times brasileiros ainda não engrenaram, exceto Internacional e Cruzeiro. Veremos o que acontecerá com os brasileiros nessa Libertadores 2011. Comente.

15 de março de 2011

Com dois gols de Chicarito, Manchester ganha do Olympique e está nas quartas de final

Nesta terça-feira, 15, tivemos mais dois jogos pelas oitavas de final da Champions League. Ambos os confrontos estavam indefinidos e tudo poderia acontecer.

Manchester United x Olympique Marseille jogavam na Inglaterra e qualquer empate com gols dava a classificação para o time francês.

Já na Alemanha, tivemos o confronto entre Bayern Munich x Inter e o empate era dos alemães.

Na Inglaterra o jogo começou quente, pois logo aos 5 minutos, Chicarito abriu o placar para os Red Devils. Esse resultado dava a classificação ao United.


O Manchester United começou bem o primeiro tempo, tocando bem a bola e chegando bem ao ataque. O Olympique logo melhorou e começou a dar trabalho á zaga inglesa.

Na segunda metade do primeiro tempo tivemos o Olympique dominando o jogo. Os franceses foram para frente e tentaram o empate, que o classificava.

Já no segundo tempo, o Olympique seguia melhor e pressionando o time inglês. Rémy caia pela esquerda e trazia perigo á zaga. Cheyrou ia bem no meio juntamente com Lucho. O Manchester estava realmente mal.

Ferguson mudou o time. Colocou Valencia no lugar de Nani. Parecia ser uma mudança comum, pois essa mudança mudou o jogo.

O meia Valencia entrou bem na partida e incomodou muito o lateral Taiwo. Até que em uma tabela entre Gigg's e Valencia, nasce o segundo gol. De novo dele: Chicarito.

O Olympique necessitava de dois gols para se classificar e isso parecia distante. Mas, o Marseille foi pra cima e conseguiu diminuir com um gol contra de Brown.

Restavam 10 minutos e o Olympique ia pra cima. 

O Manchester estava acoado, e o Marseille tentava o empate, mas isso não foi possível. A zaga do Manchester se fechou e impediu o gol do Olympique.

Fim de jogo: Manchester United 2 a 1 Olympique Marseille ; O Manchester está classificado para as quartas de final da Champions League.

No outro jogo tivemos uma reedição da última final. E era um baita jogo.


Eto'o iniciou a partida muito bem e logo aos 3 minutos abriu o placar.

Depois disso o Bayern se arrumou, e melhorou em campo. Com isso viraram a partida com gols de Goméz e Müller.

Com tal resultado a Inter teria que virar no segundo tempo. E isso parecia improvável, pois o Bayern havia encerrado o primeiro tempo muito bem.

Porém, o segundo tempo viria para exatamente mudar isso.

A Inter melhorou em campo e foi pra cima do time alemão, que estava irreconhecível em campo. Sneijder empatou e colocou fogo no jogo.

Era mais um gol e o Bayern cairia pra Inter em casa. E foi isso que ocorreu aos 87 minutos.

Jogada de Eto'o, passe pra Pandev e é gol.

Fim de jogo: Bayern Munich 2 a 3 Internazionale ; Com esse resultado a Inter se classifica para as quartas de final.

14 de março de 2011

Special Selection World - México

Seleção Mexicana - Curiosidades e Estatísticas

Suárez, Recordista Mundial


O defensor mexicano Cláudio Suárez é o jogador de linha recordista mundial de jogos por sua seleção, com 178 partidas.

Suárez perde apenas para o goleiro Mohammed Al-Deayea, da Arábia Saudita, que fez 181 jogos por seu país.


Suárez – apelidado de “O Imperador” – disputou todos os quatro jogos de cada uma das Copas que participou (1994 e 1998). Ele não pôde participar da Copa de 2002 por estar com a perna quebrada, mas fez parte do plantel de 2006, aos 37 anos de idade, como reserva.

O Primeiro Gol Mexicano

O México foi uma das 13 nações que disputaram a primeira Copa do Mundo, em 1930. No dia 13 de julho, na derrota por 4 a 1 para a França, em Montevidéu, Juan Carreno foi o autor do primeiro gol do país na competição, aos 25 minutos do segundo tempo.

Os mexicanos ainda colecionaram duas derrotas no torneio: 3 a 0 para o Chile e 6 a 3 para a Argentina.

Quem Mais Atuou Pela Seleção


1 – Cláudio Suárez – 178 jogos
2 – Pavel Pardo – 147 jogos
3 – Jorge Campos – 130 jogos
4 – Ramon Ramirez – 121 jogos
5 – Alberto Garcia Aspe – 109 jogos
6 – Oswaldo Sanchez – 98 jogos
7 – Cuauhtemoc Blanco – 97 jogos
8 – Gerardo Torrado – 91 jogos
9 – Carlos Hermilloso – 90 jogos
10 – Jared Borgetti – 89 jogos

Pênalti Histórico

O mexicano Manuel Rosas marcou o primeiro gol de pênalti da história da Copa do Mundo, na partida contra a Argentina, em 1930.

O gol, convertido aos 42 minutos do primeiro tempo, foi seguido por outro gol de Rosas, aos 20 minutos do segundo tempo, mas já era tarde demais: a seleção mexicana acabou derrotada por 6 a 3.

Maiores Artilheiros


1 – Jared Borgetti – 46 gols
2 – Luis Hernandez – 35 gols
3 – Carlos Hermilloso – 35 gols
4 – Cuauhtemoc Blanco – 34 gols
5 – Enrique Borja – 31 gols
6 – Zague – 30 gols
7 – Hugo Sanchez – 29 gols
8 – Luis Flores – 29 gols
9 – Luis Garcia – 29 gols
10 – Benjamin Galindo – 28 gols

Cinco Vezes Carbajal

O goleiro Antonio Carbajal foi o primeiro jogador a participar de cinco Copas do Mundo seguidas, embora nunca tenha conseguido passar a fase de grupos.

Ele fez sua estréia pela seleção mexicana na derrota por 4 a 0 para os donos da casa, o Brasil, em 1950. Depois, atuou nas Copas de 1954, 1958 e 1962, antes de terminar a saga na Inglaterra em 1966.

Duas Finais No Azteca Stadium

O principal estádio no México, o Azteca, localizado na Cidade do México, é o único a ter recebido duas vezes uma final de Copa do Mundo – a partida entre Brasil e Itália, em 1970, e o duelo entre Argentina e Alemanha Ocidental, 1986.


O estádio – construído para a final de 1970 – foi inaugurado em 29 de maio de 1966. Sua capacidade inicial era de 114.600, mas, ao passar por reformas um ano antes da Copa de 1986, foi reduzida para 105 mil lugares.

Recordes Da Seleção Mexicana

Primeira partida internacional: México 3 x 2 Guatemala, na cidade de Guatemala, 1° de janeiro de 1923.

Vitória por maior número de gols: México 13 x 0 Bahamas, em Toluca, 28 de abril de 1987.

Derrota por maior número de gols: México 0 x 8 Inglaterra, em Wembley, 10 de maio de 1961.

Concacaf: campeão em 1965, 1971, 1977, 1993, 1998 e 2003.

Copa das Confederações: campeão em 1999.

10 de março de 2011

Resumo das oitavas de final da Liga Europa

Nesta quinta-feira, 10, tivemos os 8 jogos pelas oitavas de final da Liga Europa. Destaque para os jogos entre Bayer Leverkusen x Villareal e Dynamo Kyiv x Manchester City.

Ás 17:00, horário de Brasília, tivemos os primeiros 4 jogos do dia. O grande destaque vai para o Villareal e sobretudo para o brasileiro Nilmar.


O Villareal foi até Leverkusen para pegar o time do Bayer, o atual vice-líder da Bundesliga. O jogo seria parelho, mesmo porque o Villareal tem também um bom time e se apresenta hoje, entre os primeiros no campeonato espanhol.

O Villareal saiu atrás no placar. Aos 33 minutos, Kadlec acertou um belo chute e abriu a vantagem para o time alemão.

Mas, logo em seguida Rossi se apresentou atrás da zaga, recebeu a bola e empatou o jogo. Com esse resultado bastaria um 0 a 0 no jogo de volta para o time espanhol se classificar.

Enfim, chegamos ao segundo tempo e o jogo se deparava  muito truncado. Foi então que o técnico do Villareal, colocou Nilmar em campo.

O brasileiro entrou muito bem e resolveu o jogo pros espanhóis. Aos 70 minutos, Nilmar em jogada pessoal, passou por 2 marcadores e virou o jogo.

Logo depois o time da casa conseguiu o empate. Mais uma vez um gol de um lateral. Dessa vez o gol foi de Castro, lateral direito.

Enfim, chegávamos aos acréscimos. O Bayer tentava a vitória, mesmo porque o empate com gols não era um bom negócio. O Bayer foi pra cima e deixou a zaga muito exposta. Com isso Nilmar se aproveitou e em um contra-ataque mortal, matou o jogo.

E acabou assim. 3 a 2 pro Villareal, que jogará em casa na segunda partida em busca de um empate ou até mesmo uma derrota por 1 gol de diferença.

Confira os outros resultados:

Braga 1 x 0 Liverpool
CSKA 0 x 1 Porto
PSV 0 x 0 Rangers
Ajax 0 x 1 Spartak
Benfica 2 x 1 PSG
Dynamo Kyiv 2 x 0 Manchester City
Twente 3 x 0 Zenit

Outros destaques vão para o Dynamo que venceu o forte time do City em casa, por 2 a 0 e encaminhou muito bem a classificação. E o outro destaque é do Twente que venceu o atual campeão russo, por 3 a 0 e praticamente matou o jogo de volta.

Braga, Porto, Spartak e Benfica também saíram na frente, mas tudo pode mudar nos jogos de volta.

8 de março de 2011

Barcelona dá show, vence o Arsenal e está nas quartas de final

Nesta terça-feira, 8, tivemos os primeiros jogos de volta pelas oitavas de final da Champions League. Os jogos de hoje foram entre Barcelona x Arsenal e Shakhtar x Roma.

A vantagem era do Arsenal e do Shakhtar, mesmo porque haviam ganhado o jogo de ida. O Arsenal poderia empatar no Camp Nou que se classificaria, já o time ucraniano poderia perder de até 1 gol, que mesmo assim estaria nas quartas de final.

O jogo iniciou no Camp Nou e o Barcelona estava de certa forma pressionado, pois teria que marcar ao menos um gol.

O Barcelona veio a campo com desfalques de Pique e Puyol, seus dois zagueiros titulares. Com isso Mascherano e Adriano ganharam vaga no time. Busquets e Abidal formaram a dupla de zaga dos espanhóis.

O time catalão começou mostrando bem a sua principal característica: toque de bola.

Com meias muito habilidosos e atacantes com muita rapidez, o Barcelona conseguia no inicio de jogo entreter muito bem o time de Londres. Com isso o time conseguiu criar boas chances de gol, mas o 0 a 0 se manteve no placar até a parte final do 1° tempo.

Andrés Iniesta roubou a bola no ataque e tocou precisamente para Messi, que deu um sutil chapéu em Almunia e marcou o primeiro gol do confronto. O relógio marcava 48 minutos.


Era começo de segundo tempo e o toque de bola do Barcelona era persistente. Até que em um lance de bola parada o Arsenal empatou a peleja, com um gol contra de Busquets.

Naquele momento do jogo, era tudo que o time Inglês queria. Agora o Barcelona dependia de mais um gol para ir á prorrogação, ou mais dois gols para seguir ás quartas de final.

Foi aí que apareceu Xavi. O meia espanhol tabelou na entrada da área e seguiu sozinho com a bola no meio da zaga inglesa. Tirou do goleiro e marcou o segundo gol do time Espanhol.

Com tal resultado o jogo iria para a prorrogação. Mas, o time do Barcelona não deixou.

Mais uma tabela de Xavi com Pedro, e o árbitro marcou pênalti de Koscielny em Pedro. Messi bateu e resolveu o jogo para o barcelona.

O Arsenal não teve mais forças para reagir e o Barcelona segue para ás quartas de final da Champions League.

No outro jogo o Shakhtar ganhou de 3 a 0 da Roma e também está classificada.

3 de março de 2011

Mano chama trio da Copa do Mundo e deixa Robinho de fora


O técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, anunciou a lista dos 23 jogadores convocados para o amistoso contra a Escócia, no dia 27, no Emirates Stadium em Londres. A principal novidade ficou por conta do meia atacante Lucas, do São Paulo. Neymar, do Santos, também foi chamado, e Ronaldinho Gaúcho, do Flamengo, ficou de fora.

A principal ausência da lista de convocados, entretanto, foi o atacante Robinho, que vive boa fase com a camisa do Milan e ficou de fora da convocação do treinador pela primeira vez desde que Mano assumiu o cargo. Esta foi a sétima convocação do comandante do time nacional. 



Outras novidades foram o retorno de três jogadores que disputaram a Copa do Mundo da África do Sul no ano passado: o lateral direito Maicon e o zagueiro Lúcio, ambos da Internazionale, além do meio campista Elano, atualmente no Santos.

"Falamos lá atras sobre essa relação de proximidade com os jogadoers que fizeram parte da seleção que jogou a Copa. Já havia tido essa conversa com o Lúcio e Maicon lá atrás e agora confirmamos. São três retornos naturais. De vez em quando vai aparecer um jogador que não ainda fez parte para que a gente faça uma observação", explicou o técnico.

O técnico Mano Menezes vive seu pior momento desde que passou a ser o treinador da seleção nacional. A equipe vem de duas derrotas nos últimos amistosos, 1 a 0 para a rival Argentina, no fim do ano passado, e 1 a 0 para a algoz França, este ano.  A partida diante da Escócia é, portanto, a grande chance de o Brasil colocar um ponto final na má fase e recuperar a tranquilidade.

"A Escócia não é uma seleção fraca. Fez um jogo com a Espanha em sua casa em outubro - de 2010 - e perdeu de 3 a 2. Fez um jogo parelho com a Espanha. É uma seleção de força física. Vai ser um adversário que vai nos esperar e vai marcar do meio para trás." 

Dois jogadores que tiveram falhas importantes nesses dois amistosos não foram chamados por Mano desta vez: o meia Douglas, do Grêmio, que perdeu a bola no lance que originou o gol de Messi, da Argentina, no duelo do ano passado, e o volante Hernanes, da Lazio, expulso contra a França após acertar um chute no peito de Benzema.  

Veja a convocação do técnico Mano Menezes:

Goleiros
Jefferson (Botafogo)
Júlio César (Internazionale)
Vitor (Grêmio)

Laterais
André Santos (Fenerbahce)
Daniel Alves (Barcelona)
Maicon (Internazionale)
Marcelo (Real Madrid)

Zagueiros
David Luiz (Chelsea)
Lúcio (Intenazionale)
Luisão (Benfica)
Thiago Silva (Milan)

Volantes
Henrique (Cruzeiro)
Ramires (Chelsea)
Elias (Atlético de Madri)
Sandro (Tottenham)
Lucas (Liverpool)

Meias
Elano (Santos)
Jadson (Shakhtar)
Renato Augusto (Bayer Leverkusen)
Lucas (São Paulo)

Atacantes
Alexandre Pato (Milan)
Jonas (Valencia)
Neymar (Santos)
Nilmar (Villarreal)


Créditos : ESPN Brasil

1 de março de 2011

Chelsea vira sobre o Manchester United e põe "fogo" no Campeonato Inglês

Nesta terça-feira, 01, tivemos um dos maiores clássicos da Inglaterra, entre Chelsea x Manchester United no Stamford Bridge.

O Chelsea era o 5° na Premier League, e precisava da vitória para chegar ao 4° lugar. Já o Manchester reina soberano na liderança, por enquanto apenas ameaçado pelo Arsenal.

Por jogar em casa e precisar fundamentalmente da vitória, o Chelsea partiu pra cima no início de jogo. O Manchester apenas se defendia, mesmo porque estava escalado com 3 volantes.

O Chelsea era melhor, mas não criava chances de gols. O Manchester por sua vez, defendia muito bem e criava bons contra-ataques.

O primeiro tempo caminhava para um empate sonolento, até que aos 29 minutos Rooney recebeu no bico da grande área, girou e bateu no canto direito de Cech. Era a abertura do placar.

Com o gol, o Manchester se sentiu mais confiante e explorou ainda mais seus jogadores velozes. O Chelsea se sentiu acuado em momentos do jogo, mas resistiu bem, com belas atuações de seus zagueiros.

Na volta pro segundo tempo, os times voltaram com as mesmas escalações, porém com posturas diferentes. O Chelsea que terminou o primeiro tempo mal, vinha pra cima com seus meias e atacantes, já o Manchester voltou com uma postura um tanto quanto defensiva.

Bola cruzada na área, Ivanovic desvia e a bola sobra limpa para David Luiz que bate precisamente pro fundo das redes. Aos 59 minutos o Chelsea empatava e tinha tudo para virar, pois jogava em casa, estava melhor e vinha com garra pra cima dos líderes.


Logo depois Drogba entrou no jogo. O marfinense estava em campo no lugar de Anelka, que esteve apagado durante todo o cotejo.

Drogba entrou e mexeu com os brios do jogo. Belas arrancadas e muita garra demonstravam isso.

O Manchester estava irreconhecível naqueles instantes da partida.

Até que aos 78 minutos, Zhirkov invade a área e é calçado por Smalling. O juiz marca o pênalti e a torcida se inflama nas arquibancadas.

Lampard foi para a cobrança e marcou. Era a virada merecida do Chelsea, time que atacou e dominou o segundo tempo de jogo.

Com tal resultado o Chelsea sobre para a 4° colocação na Premier League, com 48 pontos, um a mais que o 5°, Tottenham.

O Chelsea tem um jogo a menos que Manchester City e Manchester United. 

O Manchester United parou nos 60 pontos em 28 partidas. E agora vê o Arsenal crescer na briga pelo título inglês.