29 de novembro de 2010

Um, dois, três, quatro, cinco . . . Barcelona rejeita o Real Madrid e assume a liderança

Nesta segunda-feira, 29, tivemos um dos maiores clássicos do mundo em ação. Barcelona x Real Madrid. Os times se enfrentaram no Camp Nou com mais de 98 mil pessoas.

Os merengues eram lideres do campeonato Espanhol e tinham em Cristiano Ronaldo sua maior esperança para gols, mesmo porque o centro avante Higuaín estava fora da partida.

O Barcelona era o vice-líder do campeonato, porém tinha em seu ataque o melhor jogador do mundo, Lionel Messi.

Além de elencos espetaculares e torcidas esplendorosas, os dois times também tinham dois dos maiores técnicos do mundo; José Mourinho e Pep Guardiola.

O jogo iniciou com o Barcelona pressionando e conseguindo mostrar o seu futebol. Toque de bola, e boas finalizações demonstraram ao Real Madrid um bom cartão de visita.

Xavi e Iniesta eram os maestros do Barcelona, e conseguiam como ninguém orquestrar um time tão entrosado e tão bom.

Logo aos 10 minutos de partida o Barcelona demonstrou ao que vinha. Xavi recebeu lindo passe e fez o primeiro gol da partida. Era o inicio de um show catalão.


Após sair o primeiro gol o Barcelona jogou muito mais fácil, deixando o time da capital espanhola na roda.

O segundo tento não demorou a sair. Aos 18 minutos o Barcelona conseguiu uma bela troca de passes e em boa enfiada de bola de David Villa pra Pedro, o espanhol tocou para o fundo das redes, mantendo o Barcelona dois gols a frente do seu rival.


O Real Madrid se via atordoado em meio a tanto toque de bola. Xavi dava passes milimétricos, enquanto Messi, Iniesta, Pedro e Villa faziam o resto. A defesa do Barcelona era perfeita. Quando exigida conseguiu abafar muito bem os lances perigosos. Busquets era implacável. No primeiro tempo anulou Özil e no segundo tempo deu sustenção ao meio de campo e anulou o argentino Dí Maria.

O segundo tempo começou igual ao fim do primeiro. O Barcelona trocava passes, enquanto o Real Madrid apenas cercava. Era o que podia fazer.

Foi a partir do segundo tempo que Lionel Messi demonstrou o jogador que é. Aos 10 do segundo tempo deu um lindo passe para David Villa marcar. E logo depois aos 13 fez uma jogada linda a partir do meio de campo e deu mais um passe perfeito para Villa marcar seu segundo tento no jogo.


Isso marcou um jogo incrivel e sensacional para os barcelonistas. O Real Madrid não podia fazer nada, pois o Barcelona não deixava.

Ainda sim, no fim da partida o atacante novato Jeffrén marcou o seu gol e deu números finais ao jogo em que o Barcelona deu show e o Real Madrid apenas observou.

No fim do cotejo Sérgio Ramos ainda mostrou seu lado covarde, e com um carinho por trás, levantou Messi do chão. O juiz não teve dúvida, cartão vermelho para o espanhol.

Jogo simplesmente irrepreensível do Barcelona e irreconhecível do Real Madrid.

Confira os gols da partida :

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário